terça-feira, 21 de setembro de 2021

No Dia da Árvore, um lembrete do Festuris

“No Dia da Árvore, a mensagem da organização do Festuris 2021 é: Plante uma Árvore”

As questões relacionadas ao meio ambiente se tornaram centrais no mundo inteiro. O Festuris entende a preocupação latente das novas gerações com a sustentabilidade - dentre outras ações - e acredita que a transformação do turismo depende de propostas e práticas sustentáveis, tornando a temática como um dos pilares do seu DNA. Por isso, no Dia da Árvore, celebrado nesta terça-feira (21), a mensagem da organização da feira é: Plante uma Árvore. 

O Festuris vem atuando na Era da Transformação e, na 33ª edição do evento, entre outras atividades, serão distribuídas mudas de árvores aos participantes. “Muito além de ações, tornaram-se uma provocação para uma mudança cultural e de comportamento da sociedade.  Com isso, nossa intenção é a de inspirar mais pessoas a se envolverem em atividades que valorizem a nossa terra, preservando o meio ambiente, principalmente as comunidades onde vivem”, aponta Marta Rossi, CEO do Festuris

Saiba mais

O Festuris acontece de 4 a 7 de novembro no Serra Park, em Gramado. No Espaço Green & Experience serão destacados os segmentos de ecoturismo, sustentabilidade, turismo rural e turismo de natureza. Dentre os expositores já confirmados estão empresas e destinos preocupados com o meio ambiente e valorizam as experiências com a natureza: Ministérios do Turismo e da Agricultura, Parauapebas, Urbia Cânions Verdes, Pará, Amazonas, Mato Grosso e Goiás.

Foto: arquivo Festuris

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Confira o mapa dos coquetéis mais buscados em cada país

“Dados do Google criou mapas dos coquetéis mais buscados em cada país”

 Capirinha, sangria, piña colada… qual é o drink mais pedido em cada país e quais os mais buscados em todo o mundo? Para responder as perguntas a Pour Moi, marca britânica de lingerie e moda praia utilizou dados do Google e criou mapas dos coquetéis mais buscados em cada país ao longo de um ano.

A bebida mais procurada pelos internautas em todo o mundo não é muito conhecida dos brasileiros: a Pornstar Martini, uma combinação de licor de maracujá, suco de maracujá, vodka de baunilha e uma dose de prosecco. Foram 18,4 milhões de buscas em um ano, sendo a bebida mais pesquisada no Reino Unido e países da África e da Ásia.

Em segundo lugar, com 10,5 milhões de consultas, ficou a Piña Colada, coquetel originário de Porto Rico que mistura leite de coco, suco de abacaxi e rum. O drink não é apenas o favorito nos Estados Unidos como também na Rússia e no México.

O Aperol Spritz, bebida cada vez mais consumida também no Brasil, teve 8,2 milhões de buscas e conquistou a medalha de bronze. A combinação de Aperol, prosecco e água com gás, conquistou o primeiro lugar na Alemanha e nos Emirados Árabes Unidos.

Feito com vinho tinto e frutas picadas, a Sangria teve 7,6 milhões de pesquisas e ficou com o lugar quarto entre os coquetéis mais populares, sendo o mais buscado na Argentina, Itália, Turquia e Tailândia, entre outros países.

Na quinta posição veio o Negroni, com 6,9 milhões de buscas. O drink que mistura Campari, vermute vermelho doce e gim, é o preferido no Uruguai e no Paraguai.

A brasileiríssima caipirinha ficou na oitava posição entre os mais pesquisados no Google em todo o mundo. E é a bebida mais buscada no Brasil e também em Portugal.  

Confira a seguir a lista completa dos coquetéis mais pesquisados no mundo:

1. Pornstar Martini – 18, 4 milhões de buscas

2. Piña Colada – 10,5 milhões

3. Aperol Spritz – 8,2 milhões

4. Sangria – 7,6 milhões

5. Negroni – 6,9 milhões

6. Espresso Martini – 5,5 milhões

7. Long Island Ice Tea – 4,4 milhões

8. Caipirinha – 4,3 milhões

9. Daiquiri – 3,8 milhões

10. Mojito – 2,8 milhões

Com informações do site de viagens Melhores Destinos

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Festuris lança novo conceito e identidade visual para uma nova era

“Apresentação ocorreu na terça-feira (14) de forma híbrida em Gramado”

O propósito das sócias Marta Rossi e Silvia Zorzanello se confundiu com o protagonismo em 1988. Ao entenderem a necessidade de criar um evento turístico para auxiliar com o desenvolvimento deste segmento em Gramado e no Rio Grande do Sul, surgiu também, a palavra transformação que, atualmente, resume a vida de qualquer profissional, empresa ou pessoa.

Foi assim, com a essência de se adaptar a cada momento que o Festuris chega aos 33 anos com uma nova identidade que marca o cenário de transformação pela qual passa o mundo, a partir de cada indivíduo. A apresentação ocorreu de forma híbrida em um happy hour no Sky Palace Hotel, em Gramado, nesta terça-feira (14).

A identidade foi desenvolvida pelos publicitários Aline Herrmann e Rodolfo Moschen da Rosa, tendo como propósito apresentar em cores vibrantes e movimentos a adaptação da empresa. “A intenção foi mostrar que o turismo é um organismo complexo e vivo. Que se transforma. Que se adapta. Que evolui”, resume Aline Herrmann.

Para Eduardo Zorzanello e Marta Rossi, CEOs do Festuris, a nova identidade define a essência do profissionalismo de todos os envolvidos na trajetória do evento e, principalmente, da empresa Rossi & Zorzanello. “Chegamos a um momento em que necessitamos nos transformar para seguir em frente, por isso apresentamos nosso novo conceito, tendo a essência do nosso negócio, sem medo de arriscar. Certamente vamos todos juntos transformar o turismo”, destaca Zorzanello.

Green & Experience

Como sempre à frente de discussões que norteiam o mercado do turismo, mais uma vez, o Festuris traz em sua bandeira a sustentabilidade e a necessidade de transformação de todo o segmento. “Entendemos as transformações que vêm pelo mundo e o turismo deverá ser um dos mais beneficiados com ela. Se temos um olhar macro para a indústria, a inteligência artificial, por exemplo, substituirá o homem, mas ela não representará as relações pessoais, a hospitalidade, o afeto, o carinho que há no turismo”, aponta Marta Rossi.

Já Zorzanello enfatiza que o turista está cada vez mais preocupado com o seu bem-estar, sendo assim, busca no turismo momentos especiais. Com isso, a segmentação por nichos do mercado turístico na feira sempre foi um dos diferenciais do Festuris para facilitar negociações. Todos os anos são identificadas tendências que são apostas, também, em novos segmentos, além da adaptação aos participantes existentes à nova realidade do setor. Nesta edição, não será diferente.

Além da feira geral, o Festuris terá oito espaços segmentados - o principal deles será o Green & Experience. Com 75 metros de área conceito e, ao entorno, estarão mais expositores que demonstrarão suas essências, incluindo o participante em várias experiências.

O evento, programado para ocorrer de 4 a 7 de novembro no Serra Park, já conta com mais de 75% dos espaços comercializados e proporcionará importantes debates sobre a Era da Transformação no Meeting Festuris. Palestrantes como José Galló - CEO das Lojas Renner, John Rodgerson - CEO da Azul Linhas Aéreas, e o Embaixador do Turismo - Álvaro Garnero, já estão confirmados para palestrar no Meeting Festuris, que ocorre no período da manhã dos dias 5 e 6. 

Fotos: Divulgação

quarta-feira, 8 de setembro de 2021

Os 10 países mais felizes do mundo

 Estudo revela os países mais felizes do mundo e a relação do dinheiro com a felicidade

Os países da Europa, mais especificamente os países nórdicos, estão no topo do ranking mundial da felicidade. A Finlândia é o país mais feliz do mundo, seguido pela Islândia e Dinamarca, em segunda e terceira posição, respectivamente.

É o que revela um estudo da plataforma CupomValido.com.br que reuniu dados do World Happiness Report, Nature e Harvard, sobre o nível de felicidade ao redor do globo.

Foram considerados 6 fatores para medir o nível de felicidade: apoio social, ausência de corrupção, expectativa de vida, generosidade, liberdade para escolhas na vida, PIB per capita, e vida saudável. Ao somar cada um dos fatores, foi dada uma pontuação para cada país, onde a Finlândia atingiu a nota máxima de 7.80, e o Afeganistão a menor nota, de 2.56.

De um total de 153 países do estudo, o Brasil ficou na 41ª posição, com a nota 6.11. Longe do topo, mas acima da média mundial (5.5) e bem afastado das piores posições, como o Afeganistão, Sudão do Sul e Zimbábue.

Por que os países nórdicos sempre estão no topo do ranking?

A Finlândia é considerada o país mais feliz do mundo pelo quarto ano consecutivo.

O motivo dos países nórdicos estarem no topo do ranking, não pode ser explicado por um único fator, mas sim por um conjunto deles.

Nestes países, tanto a saúde quanto a educação são totalmente gratuitos, além de se ter um baixo nível de criminalidade em comparação com a média mundial.

No caso da Suécia, por exemplo, os pais de recém-nascido têm direito a 480 dias de licença trabalhista, com 80% do salário garantido.

Os países nórdicos parecem ter encontrado o balanço entre o trabalho e a vida pessoal, que tem contribuído para estarem continuamente entre os países mais felizes do mundo.

Quanto mais dinheiro, maior o nível de felicidade?

Após uma análise com mais de 1.7 milhão de pessoas em 164 países, os pesquisadores descobriram a resposta para esta pergunta.

A conclusão é o dinheiro influencia sim no nível de felicidade. Porém, após se conseguir os itens básicos, como alimentação, saúde e moradia, a quantidade de dinheiro tende a ser cada vez menos relevante.

Segundo a pesquisa, o valor anual para se atingir o ápice de satisfação é de U$95 mil dólares por ano (R$494 mil por ano, ou aproximadamente R$41 mil por mês).

Já para se obter o bem-estar emocional, o valor é menor, varia de U$60 mil e U$75 mil ao ano (R$312 mil e R$390 mil por ano, ou R$26 mil e R$32 mil por mês).

O valor de U$95 mil é uma média mundial, ao levar em consideração os países da América Latina, o valor é ainda menor, U$35 mil ao ano (R$ 182 mil por ano, ou R$ 15 mil por mês).

Lembrando que o estudo mostra o valor máximo, e não o valor necessário para ser feliz.

Portanto, por mais que no Brasil o salário mínimo é de R$1.100, e a renda domiciliar per capita é de R$ 1.380 - valor muito abaixo dos U$95 mil anuais - o país se encontra numa posição acima da média ao compararmos o nível de felicidade com outros países do globo. Ao considerarmos somente os países da América Latina por exemplo, o Brasil fica atrás somente do Uruguai.


Não é sobre o dinheiro
Numa pesquisa realizada com millenials (geração nascida entre 1981 e 1996) mais de 80% responderam que a meta número um de vida era ser rico, e 50% responderam que a segunda meta era ser famoso.

Dinheiro e fama dão a impressão de que são itens necessários para uma vida feliz. Porém, pesquisadores de Harvard discordam desta afirmação.

Harvard está realizando o estudo mais longínquo já existente sobre a felicidade. Com início no ano de 1938, o estudo com mais de 8 décadas está analisando 700 homens durante toda a sua vida para descobrir lições sobre a felicidade.

Segundo o atual diretor do estudo Robert Waldinger, apesar da pesquisa ainda estar em andamento, já existem algumas lições a ser retirada.

“A solidão mata. É tão forte quanto o vício em cigarros ou álcool”, afirma o pesquisador.

O inverso também é verdade. Existe uma correlação muito alta entre as pessoas que tem relações próximas e o nível de felicidade.

Segundo o estudo, o fator principal relacionado a um alto nível de felicidade, são as conexões com os amigos, família e a comunidade ao redor.

"É tudo uma questão de relacionamento. A mensagem resumida é que os relacionamentos nos tornam mais felizes. No entanto, a mensagem mais longa é sobre como é preciso trabalho - e trabalho constante - para cuidar dos relacionamentos. Nunca estamos em um lugar onde podemos dizer: 'Ok, meus relacionamentos são bons, é isso, terminei'. As pessoas estão sempre mudando, nós estamos sempre mudando, então os relacionamentos estão sempre mudando. Cuidar de nossos relacionamentos é um projeto contínuo, mas vale a pena. Vale a pena o investimento." afirma o pesquisador.

Fonte: Harvard, Nature, Cupom Válido, World Happiness Report


terça-feira, 7 de setembro de 2021

Prosper VLT Marcopolo será testado nos trilhos da Maria Fumaça - Trem do Vinho

“O projeto inovador do VLT desenvolvido através da parceria entre Marcopolo e Giordani Turismo está em fase final para registro definitivo”

Após anunciar, em dezembro de 2020, a parceria no projeto de desenvolvimento do primeiro modelo VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) fabricado pela Marcopolo Rail, divisão de negócios da Marcopolo destinada à fabricação de produtos metroferroviários, a Giordani Turismo vai apoiar a operação dos testes de comissionamento que serão realizados no mesmo trajeto onde acontece o passeio da Maria Fumaça. Eles fazem parte das últimas etapas para o registro do VLT e visam assegurar que os sistemas e componentes estejam projetados, instalados, testados e mantidos de acordo com as necessidades e requisitos operacionais. 

A chegada do Prosper VLT à Estação deve ocorrer no dia 9 de setembro. A partir desta data, até meados de outubro, a empresa fabricante será a responsável pelos testes do veículo que serão realizados das 22h às 6h, no trecho entre Bento Gonçalves e Carlos Barbosa - percurso do tradicional passeio da Maria Fumaça - Trem do Vinho, da Serra Gaúcha.

VLT não substituirá passeio com locomotiva histórica

As viagens de Maria Fumaça - Trem do Vinho, um dos passeios mais procurados por turistas que visitam o Rio Grande do Sul, seguirão acontecendo normalmente, pela manhã e tarde neste período em que o VLT estará em teste (meses de setembro e outubro).

O Prosper VLT será utilizado em um novo roteiro turístico na região Sul do Brasil, ainda sem data prevista para operação.

foto: Julio Soares

terça-feira, 31 de agosto de 2021

22 anos da Pousada Temática das Missões

 


Uma confraternização dos proprietários e da equipe de trabalho marcou o aniversário de 22 anos da Pousada Temática das Missões.

Hospedagem pioneira na cidade, a Pousada está localizada ao lado do Parque Histórico das Missões e da Igreja Patrimônio da Humanidade e já faz parte da história recente do turismo na cidade e região.

A construção faz uma releitura das casas guaranis do período reducional com avarandados e murais esclarecedores. O projeto é das arquitetas Matilde Villegas (colombiana) e Ceres Storchi.

Os apartamentos são identificados com nomes guaranis, desenhos e textos explicativos. Em seu interior, além do conforto de uma bela Pousada estão expostos quadros e fotos referentes aos remanescentes dos 30 povos jesuítico-guaranis.

A Pousada Temática, nos seus 6.000 m2 de área, é toda ajardinada e com árvores de sombra, estacionamento fechado, piscina, churrasqueira e cozinha equipada para uso dos hóspedes. No café da manhã, em estilo colonial missioneiro, produtos locais estão sempre presentes.

Por sua localização privilegiada, a maioria dos atrativos turísticos pode ser percorrida a pé. Na recepção da Pousada, além de estantes com livros e artesanato local, muita folheteria dos atrativos turísticos e uma equipe permanentemente a disposição do hóspede, informando e sugerindo sobre a melhor ocupação do tempo e das experiências oportunizadas na cidade e região.

A Pousada, que também é “pet friendly”, já recebeu prêmio de “Empresa Destaque” concebido pelo SEBRAE-RS, Jornal do Comércio e FECOMÉRCIO.

Reservas e maiores informações podem ser feitas pelo                                             

Whats App   55 – 9 9854 5722

http://www.pousadadasmissoes.com.br

https://www.facebook.com/PousadaDasMissoes

https://www.instagram.com/pousadadasmissoes/

fotos: divulgação das comemorações

terça-feira, 24 de agosto de 2021

Mátria Parque espaço dedicado às flores é a nova atração de São Francisco de Paula

“Empreendimento abre as portas ao publico no final de novembro” 

Inspirado em jardins da Áustria, Suíça o empreendimento apresenta 20 jardins projetados para encantar e ensinar sobre a natureza, combinando espécies vegetais ornamentais com as que oferecem sombra e frutas que, em breve, também poderão ser colhidas pelo visitante. A previsão de permanência é de um a dois dias para a visitação completa do parque.

Os jardins do Mátria, criados como obras de arte em grande escala, estão ligados por 8 km de caminhos feitos para gerar experiência única de convivência ao ar livre. Outros 4km de trilhas autoguiadas levam os visitantes a conhecer a Mata com Araucária, uma das principais características do bioma Mata Atlântica.

Além de jardins e trilhas na Mata, o parque apresenta elementos da paisagem natural, como os banhados,  áreas de preservação permanente.

São 2 milhões de mudas de flores, com destaque para o roseiral com mais de 22 mil mudas de rosas, cujo material genético foi importado da Alemanha, 12 mil árvores e um túnel de glicínias de 102m de extensão, um dos maiores do mundo. Para o trabalho de irrigação, foram instalados 20 km de equipamentos, com sistema totalmente automatizado.

Conheça o Parque:

Mátria Boulevard – É um paradouro que fica na entrada do parque, onde o visitante tem livre acesso e encontra área de acolhimento, cafeteria, lojas de flores e de produtos Mátria, restaurante, sanitários, área administrativa e a bilheteria.

Boulevard pode ser visto da rodovia. É uma obra surpreendente, construída em um semicírculo envidraçado, com 1,8 mil metros quadrados.

Restaurante subterrâneo – Instalado à beira do lago, com deck que avança sobre as águas. O projeto arquitetônico acompanha o desenho da natureza e faz o espaço de gastronomia se encaixar na coxilha, onde os visitantes poderão caminhar sobre ele. No espaço haverá pizzaria e outras delícias no cardápio. 

Monumento à Borboleta – espaço criado para contemplação e atividades como meditação e  conexão com a natureza. 

Casa de Chá – espaço lúdico de gastronomia onde a personagem Floriana, a botânica, e os polinizadores da Terra, das Cores, da Essência e da Água receberão o público. A casa cenográfica em madeira integra o storytelling do parque e está no alto de uma coxilha, com vista privilegiada de grande parte do Parque. 

Jardim Botânico – a coleção de plantas perenes e de época que estarão à disposição do público faz parte do papel conservacionista e educacional do parque, cujo objetivo é também ensinar a importância da vegetação, da conservação da biodiversidade e do desenvolvimento sustentável.

Outras atrações: Jardim de brincar, barcos no lago, piqueniques em duas modalidades, apresentações artísticas e oficinas culturais e de educação ambiental.

O Mátria Parque de Flores é um empreendimento inovador que tem como investidores os empresários Fernando Ernesto e Amanda Catharina Piazza.

O projeto ousado e contemporâneo, contou com um investimento de R$ 25 milhões e  será referência em paisagismo e arquitetura.

A sua beleza não está somente no que foi pensado e construído pelas pessoas, mas, sobretudo, na dinâmica e nas surpresas que a natureza verdadeiramente oferece. O parque está situado na ERS-235 (km 68 da rodovia que liga São Chico a Canela) e chega para surpreender os visitantes da Serra Gaúcha. 

Imagens do projeto

terça-feira, 17 de agosto de 2021

Brasil bate recorde de consumo de vinho em ano de pandemia

Pesquisa revela aumento histórico de mais de 30% no consumo de vinho”

O brasileiro nunca consumiu tanto vinho como neste último ano de pandemia. E o frio é uma excelente motivação! Em média foi consumido 2,78 litros de vinho per capita, o que representa um aumento de mais de 30%.

É o que releva um estudo divulgado pela plataforma CupomValido.com.br que reuniu dados da Abras, Ideal e Statista, sobre o consumo de vinho no Brasil e no mundo.

O consumo total foi de 501 milhões de litros (contra 383 milhões no ano anterior), um valor nunca atingido na história. Ao considerar todos os países da América Latina, o Brasil ficou só atrás da Argentina.

Do total de 83 milhões de consumidores de vinho no Brasil, 46% tomam vinho pelo menos uma vez por semana, e 53% pelo menos uma vez por mês.

 Vinhos preferidos pelos brasileiros

O vinho tinto é o preferido dos brasileiros, com 55% da preferência. O vinho branco fica em segundo lugar, com 25%. E por fim, o vinho do tipo rosé está em terceiro lugar de preferência nacional, com 20% do total.

No caso vinho tinto, o tipo preferido dos brasileiros são os da uva Malbec, originária da França e com quase 59% do plantio mundial. Em sequência seguem os tipos Cabernet Sauvignon e Merlot, respectivamente.

Para os vinhos do tipo branco, a primeira opção é a do tipo Chardonnay, mais conhecida como a "Rainha das uvas brancas". A uva do tipo Sauvignon Blanc e Moscato, seguem na segunda e terceira posição, respectivamente.                                                 

Aproximadamente 59% dos consumidores de vinhos no país têm mais de 35 anos. Além disso, 30% dos consumidores desta bebida  utilizam os canais digitais, como portais ou lojas online para comprar vinhos.

Os brasileiros também podem são considerados consumidores abertos à novas experiências, já que mais de 70% estão dispostos a provar novos tipos vinhos, não ficando preso só a uma marca ou subtipo de uva.

Vinhos nacionais versus importados

Segundo a pesquisa, no Brasil, 69% do total de vinho consumido são nacionais, contra 31% importado. A alta do dólar foi contribuiu a queda no consumo de vinhos importados em comparação com o ano anterior.

Mais de 42% de todos os vinhos importados são provenientes do Chile. Seguido por vinhos importados da Argentina e Portugal, com 16% e 15%, respectivamente.

O estado brasileiro que mais importou vinho foi a Santa Catarina, com 30% da importação total. Seguindo por São Paulo em segundo, e Espírito Santo em terceiro.

Cenário mundial do consumo de vinho

O vinho mais vendido do mundo é o da marca Barefoot dos Estados Unidos. O segundo mais vendido é a Concha y Tore do Chile. E a marca Gallo, também dos Estados Unidos, segue em terceira posição.

Os Estados Unidos é o país que mais consome vinho do mundo, no total são mais de 33 milhões de hectolitros por ano, ou 13% do consumo mundial. A França e Itália seguem em segunda e terceira posição, respectivamente.

Levando em consideração o consumo per capita, a França segue na liderança, seguido por Portugal,  na segunda posição.


 

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

Festival de Aventuras Trip Selvagem na Região dos Campos de Cima da Serra


" O evento promete levar a experiências únicas e surreais"


A Fazenda e Pousada da Roseira em Bom Jesus, cidade localizada na Região dos Campos de Cima da Serra, realiza no dia 20 e 22 de agosto, o primeiro Festival de Aventuras Trip Selvagem. Com atrações de aventura inéditas no Brasil, o evento promete levar a experiências únicas e surreais.

O palco vai acontecer no Cachoeirão do Rio Cerquinha, com mais de 50 metros de altura e 90 metros de extensão.  Atrações de tirar o folego, estão revistas como uma rede suspensa onde vai ser possível contemplar a paisagem maravilhosa e ter uma sensação total de liberdade. Em outro momento, uma mesa suspensa para curtir com amigos um café da manhã ou da tarde, ou até mesmo um almoço nas alturas!

Para os que querem conhecer a atividade de Rapel, uma descida de tirar o fôlego com uma vista panorâmica do Cachoeirão do Rio Cerquinha.  

Informações: facebook.com/fazendapousadaroseira/ www.sympla.com.br/festival-de-aventuras-trip-selvagem__1255942


quarta-feira, 11 de agosto de 2021

49º Festival de Cinema de Gramado

Como já é tradição, em agosto Gramado irá respirar cinema brasileiro e latino. A partir da próxima sexta-feira (13) até o dia 21 nomes de projeção nacional subirão à serra para comandar a programação do evento.

Assim como no ano passado, a edição de 2021 seguirá o modelo multiplataforma, unindo a televisão e a internet. Foram 893 filmes inscritos para participar das mostras competitivas, 52 foram selecionados: quatro Longas-Metragens Estrangeiros, sete Longas-Metragens Brasileiros, três Longas-Metragens Gaúchos, 14 Curtas-Metragens Brasileiros e 24 Curtas-Metragens Gaúchos.

Para coibir festas durante o Festival, que estão comercializando e promovendo através das redes sociais, várias secretarias municipais estarão focadas e infiltradas para coibir e encerrar toda e qualquer aglomeração e descumprimentos do protocolo sanitário estadual e os protocolos gerais estipulados pelo Sistema 3As do Governo do Estado

domingo, 8 de agosto de 2021

Connection Experience vai reunir conteúdo e experiências voltados à natureza, turismo rural e gastronomia

 

O Connection Experience, evento híbrido que vai acontecer nos dias 9 e 10 de setembro em Canela vai apresentar uma proposta inovadora. O encontro vai unir conteúdo de qualidade com painelistas internacionais e cases brasileiros que vão debater as tendências do turismo nos segmentos de natureza, gastronomia e turismo rural.

Entre os destaques, o painel Turismo Rural: experiências autênticas e o mercado 4.0. com o gaúcho Renato Bernardo Fernandes, presidente do Instituto Brasileiro de Olivicultura - Ibraoliva. Fernandes atua há 6 anos na atividade de Olivicultura em sua propriedade, na Vila do Segredo, em Caçapava do Sul.

O empreendedor fundou a primeira Pousada Olival na Rota das Oliveiras no Rio Grande do Sul. A Vila do Segredo nasceu com o intuito de deixar um legado para as gerações futuras, e veio ao encontro da nova fronteira agrícola, a Olivicultura.

segunda-feira, 2 de agosto de 2021

Olimpíadas de Tóquio é a mais cara da história, revela estudo

“Pesquisa revela um gasto superior a 2x que a média das outras olimpíadas”

 

As Olimpíadas de Tóquio é considerada as olimpíadas mais caras em volume financeiro já investido por um país para sua preparação. No total, o Japão investiu mais de 28 bilhões de dólares, quase 30% a mais que a segunda olimpíadas mais cara já produzida (Rússia, em 2014), e mais que duas vezes a média gasta pelos outros países (12 bilhões de dólares).

É o que revela um estudo divulgado pela plataforma CupomValido.com.br que reuniu dados do Comitê de Olimpíadas Internacional e Statista, sobre as olimpíadas.

O Brasil não ficou muito para trás, com as Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016, o país ficou em 4ª posição com um dos maiores gastos envolvendo as olimpíadas, totalizando 13.7 bilhões de dólares.

 Por que as Olimpíadas de Tóquio saíram tão caro?

O alto custo pode ser explicado principalmente por dois motivos.

O primeiro motivo está relacionado ao orçamento previsto inicialmente para o investimento nas olimpíadas. Como existem diversas variáveis, o orçamento está sujeito a incertezas, que resultada em grandes estouros de gastos.

Desde 1960, todas as olimpíadas realizadas, sem exceção, tiveram um gasto superior que orçamento inicial planejado. No caso de Tóquio, houve um aumento de três vezes o custo inicial planejado.

O segundo motivo pode ser explicado pela postergação do evento pelo COVID, com data inicialmente programada para 2020.

Estima-se que o Japão teve uma perda de mais de 5,7 bilhões de dólares, com gasto adicionais com manutenção, custo com cancelamentos e reorganização do evento. 

Além do custo para produção do evento sair maior, a receita caiu significativamente, pois mais de 800.000 ingressos foram reembolsados por solicitado de cancelamento pelos compradores.

A pandemia afetou também o método de preferência para assistir as olimpíadas. Diferentemente dos anos anteriores que a preferência era assistir o evento no local, neste ano 59,8% das pessoas preferiram assistir de casa, contra 7,6% no local do evento.

Grande parte da população ainda é contra a realização das olimpíadas num panorama de contaminações do COVID. Segundo a pesquisa, 57% da população é contra a realização das Olimpíadas de Tóquio, e no Brasil este número é ainda maior, 68% da população é contraria.

 Medalhas feitas de celular

Diferentemente de todas as olimpíadas, as medalhas das Olimpíadas de Tóquio foram confeccionadas a partir de celulares e outros pequenos aparelhos reciclados, como câmeras, notebooks e videogames.

O Japão realizou uma campanha onde foram arrecadadas 78 toneladas de equipamentos e 6.2 milhões de telefones usados.

Isso resultou em 32kg de ouro puro, 3.500kg de prata e 2.200kg de cobre, que depois foram utilizados para a fabricação das medalhas.

Um fato curioso, é que a medalha de ouro contém 550 gramas de prata e somente 6 gramas de ouro. No total a medalha de ouro vale R$4.109, a de prata R$2.288 e a de bronze R$21 (cobre é um material extremamente barato).

Lembrando que este é o custo levando em consideração somente os preços dos metais utilizados na fabricação. É possível encontrar medalhas nos sites de leilões por até R$250.000. No entanto, para muitos atletas, o preço de uma medalha é impagável.

 Novas modalidades esportivas

As Olimpíadas de Tóquio terão 33 modalidades de esportes, e 22 na Paraolimpíadas. O atletismo é o esporte mais popular, seguido de beisebol e futebol, respectivamente.

Recentemente foram adicionadas as modalidades karatê, skate, escalada esportiva e surfe. Nas Paraolimpíadas, foram recentemente adicionados o badminton e taekwondo.

No total 11.500 atletas irão participar das olimpíadas, sendo o atletismo o esporte com mais participantes, no total são 1.900 atletas. Esportes aquáticos e ciclismos seguem em segunda e terceira posição, com 1.410 e 528, respectivamente.

Fonte: Comitê de Olimpíadas Internacional, Cupom Válido, Statista

sexta-feira, 30 de julho de 2021

Viajar com amigos: dicas para organizar a viagem ideal

Comunicação, organização e paciência são fatores essenciais no planejamento da viagem”

Pelo segundo ano consecutivo, as comemorações do Mês da Amizade continuam condicionadas pelas restrições do coronavírus e os cuidados necessários para evitar a sua propagação. No entanto, é um momento ideal e valioso para começar a planejar uma viagem com os amigos.

Para celebrar o Dia Internacional da Amizade, que é celebrado hoje, 30 de julho, a Assist Card traz algumas dicas para garantir uma experiência melhor.

“Viajar com os amigos é uma excelente oportunidade para criar memórias e viver momentos inesquecíveis. Na Assist Card, celebramos essa paixão e acompanhamos todos os viajantes que querem descobrir novas experiências com a família escolhida”, afirma Alexandre Camargo, country manager da Assist Card no Brasil.

·  Escolher bem a companhia

Ter a companhia dos melhores amigos não é garantia de que a viagem será um sucesso. Pode haver muito carinho, mas a convivência e o dia a dia de uma viagem podem fazer com que esse vínculo não dê certo, porque cada um tem gostos e ritmos diferentes. É conveniente escolher entre aqueles que têm personalidades mais compatíveis. Embora dependa do gosto pessoal, um bom número para viajar com amigos são três ou quatro pessoas.

·  Definir o tipo de viagem

Com o grupo de pessoas escolhido, o primeiro desafio é decidir para onde ir. Frio ou calor? Relaxar ou festejar? Montanha ou praia? Grandes cidades ou pequenas cidades? Natureza ou museus? É importante ouvir os desejos e ideias de cada um e, então, escolher um local que corresponda às expectativas de todos.

·  Pesquisar o destino

Uma vez selecionado o local, o próximo passo é buscar o máximo de informações sobre o destino, por exemplo, saber o tipo de atividades que podem ser realizadas, quais os transportes que podem ser utilizados e, o mais importante, as acomodações que existem por lá. Este trabalho de pesquisa avançada ajudará a aproveitar ao máximo o tempo de viagem.

·  Negócios à parte

Falar sobre como a viagem será financiada desde o início ajudará a evitar problemas no retorno ou no próprio destino. Uma opção é estabelecer um valor ao qual todos possam se adaptar, que não deixe ninguém de fora, mas que não signifique sacrificar nenhum aspecto da viagem. Esse orçamento inclui as despesas do destino, além de transporte, hospedagem, alimentação e auxílio em viagem, entre outros.

·  Divisão de tarefas

Organizar uma viagem com os amigos exige o comprometimento de todos. Nesse ponto, em que a viagem começa a tomar forma, é importante fazer uma lista com tudo o que será necessário (documentação, bagagem, reservas de hospedagem, controles de veículos, passagens de avião ou ônibus, itens pessoais e dinheiro disponível), além de definir as obrigações de cada um. 

         . Respeito

Não é só porque todos querem fazer um atrativo radical que você também deva ir. Nem sempre você tem que fazer tudo o que o restante do grupo quer. Aliás, você não deve de forma alguma se colocar em uma situação que faz você se sentir mal ou com medo. Explique numa boa os seus motivos, para que todos entendam o seu lado. Você pode até se surpreender e encontrar algum amigo que esteja na mesma situação que você.

       Próximo destino: viajar com amigos

Qualquer destino pode ser ideal para viajar com os amigos, desde que respeitem os gostos e interesses de cada um do grupo. Nesse sentido, a Assist Card recomenda lugares para começar a organizar a próxima aventura:

·  Cancún, México

Nesse destino no sul do México, é possível encontrar de tudo em um só lugar. As praias de areia branca e o mar azul-turquesa são a principal atração. Para quem procura um momento de conforto, dá para aproveitar os grandes resorts com tudo incluído. A noite também é garantida com festas que vão até o amanhecer nas famosas boates Coco Bongo ou Mandala. Já os amantes da adrenalina podem ir aos parques temáticos da península, como Xplor.

·  Maranhão, Brasil

No Centro Histórico, localizado em São Luís, é possível viajar pela história da colonização do Brasil durante o dia, visitando os mais de 4 mil casarões transformados em casas de cultura, e ainda passear a noite pelas ruas tomadas por bares com músicas tradicionais e restaurantes típicos da região. Para quem deseja um ponto turístico de tirar o fôlego, os Lençóis Maranhenses são perfeitos por suas belas paisagens, compostas de mangues, rios, lagoas e as famosas dunas de areia branca, formadas pela água da chuva.

·  Las Vegas, Estados Unidos

Capital mundial do entretenimento e do prazer, Las Vegas é o destino para o grupo de amigos que procura diversão 24 horas por dia. De cassinos como Bellagio e Caesars Palace a apresentações como o Cirque du Soleil e shows de estrelas da música. Ainda é possível fazer um voo noturno de helicóptero sobre a Las Vegas Strip, dar uma volta no Linq High Roller, fazer um passeio noturno em um ônibus aberto ou visitar o Grand Canyon. E, claro, realizar um casamento falso em muitas das capelas do hotel!


Fonte: ASSIST CARD, empresa de seguro e assistência médica de viagem, nacional e internacional  www.assistcard.com    

fotos: divulgação

terça-feira, 27 de julho de 2021

Após viagem de 10 minutos ao espaço, Jeff Bezos dispara nas pesquisas e volta a fazer história

 “A bordo da New Shepard, o bilionário de 57 anos chama a atenção do mundo ao se colocar de vez na corrida espacial” 

Jeff Bezos, fundador da Amazon (uma das cinco maiores multinacionais de tecnologia) e o atual homem mais rico do planeta (com uma fortuna estimada na casa de US$ 200 BILHÕES - cerca de R$1 trilhão), engatou mais uma grande conquista ao seu nome: realizar sua primeira viagem espacial a bordo da New Shepard - aeronave construída pela sua própria empresa de astronáutica, a Blue Orign. O feito do empresário de 57 anos deu o que falar na mídia e nas redes sociais e a Decode, empresa de cliente acquisition e consulting pertencente ao grupo BTG Pactual, encontrou dados que demonstram o sucesso da viagem de Bezos no digital.  

Por dentro da New Shepard  

A nave, cujo nome homenageia Alan Shepard (o primeiro estadunidense a ir ao espaço 60 anos atrás), realizou um voo suborbital espacial, ou seja, ela atingiu o espaço, mas não realizou uma volta completa ao redor da Terra. Além disso, Jeff Bezos não ultrapassou a atmosfera sozinho, ao seu lado estavam: seu irmão, Mark Bezos, a aviadora Wally Funk e Oliver Daemen – os dois últimos se tornaram, respectivamente, a pessoa mais idosa e a pessoa mais nova a irem para o espaço. 

Foram cerca de 10 minutos de viagem, dividida em três etapas: o lançamento do foguete, a separação da cápsula com os passageiros e o retorno da tripulação à Terra em queda livre com paraquedas em direção à mesma região de onde partiu. 

Três minutos após a decolagem, que ocorreu às 10h12 (horário de Brasília), o módulo com os passageiros foi desacoplado e continuou subindo até atingir o limite de 100 quilômetros de distância de nosso planeta. Enquanto a tripulação passava três minutos admirando a vista do planeta azul, o propulsor da New Shepard voltava, de forma controlada, à Terra. 

 
Rumo ao espaço! (E ao topo) 

A recente viagem realizada pelo fundador da Amazon, não somente o levou ao espaço, mas também ao topo dos assuntos mais populares do momento: o volume de matérias sobre o tema, entre os dias 18 e 21 de julho, passou de 15 para 109 - um aumento de mais de 626%!!!! 

No Twitter, a tag Jeff Bezos alcançou 379 mil tweets e chegou à 8ª posição nos Trending Topics do Brasil no dia do voo. Além disso, o sentimento dos usuários na plataforma, pendeu mais para o lado negativo do que para o positivo. Ainda segundo a pesquisa da Decode: 

51% dos usuários realizaram piadas sobre o assunto 

21% dos usuários demonstraram raiva perante o assunto 

17% dos usuários demonstraram admiração perante o assunto 

9% dos usuários demonstraram inveja perante o assunto 

2% dos usuários desacreditaram do assunto  

E os principais motivos dos 51% dos usuários que satirizaram a viagem de Bezos foram: 

O formato do foguete (76%) 

A viagem em si (21%) 

A riqueza de Bezos (3%) 

Já as principais críticas dos 21% de usuários que demonstraram raiva perante a viagem de Bezos foram: 

Desigualdade social (48%) 

A viagem em si (30%) 

A riqueza de Bezos (22%)

 A corrida espacial dos bilionários 

Na segunda metade do século XX, EUA e União Soviética protagonizavam a exploração espacial em pleno período de Guerra Fria. Agora, a competição está entre os bilionários: Jeff Bezos, dono da Amazon e da Blue Origin; Elon Musk, dono da Tesla e da SpaceX; e Richard Branson, dono da Virgin Galactic.  

A concorrência espacial acirrada entre tais multinacionais tem gerado muito barulho na internet. A pesquisa da Decode revela, ainda, que a média mensal de buscas no Google Search sobre cada uma das competidoras é:  

Virgin Galactic: 1.300 buscas 

Blue Origin: 5.400 buscas 

SpaceX: 110.000 buscas 

Dentre as 3 empresas listadas, a SpaceX foi a primeira a realizar uma viagem tripulada ao espaço em 30 de maio de 2020, seguida pela Virgin Galactic, que realizou a sua primeira missão tripulada em 22 de maio de 2021 e, por fim, a Blue Origin concluiu a tarefa em 20 de julho de 2021, com a viagem de turismo de Jeff Bezos e sua tripulação ao espaço. 

Ao que tudo indica, as empresas pretendem explorar a fundo o futuro do turismo espacial, onde viagens suborbitais, como a de Brenson em 11 de julho, e a de Bezos, dia 20 do mesmo mês, poderão ser realizadas por outros viajantes. Mas, infelizmente, o preço para garantir um lugar em um foguete não será nada acessível! Segundo a BBC, os assentos a bordo de uma das viagens da Virgin Galatic terão o custo inicial de US$ 250 mil (cerca de R$ 1.315.000,00), ou seja, finalmente o turismo espacial vai sim virar uma realidade, porém extremamente limitada e luxuosa.   

quinta-feira, 22 de julho de 2021

A bordo de motorhome, casal compartilha suas experiências sobre rodas

“Wellington e Carina, do Rotas Recalculadas, deixaram seus empregos para conhecer o Brasil de carro, sem data para voltar para casa”

Viajar pelo mundo com uma casa nas costas é o sonho de muitos casais, mas só é possível para aqueles que são curiosos e, claro, bastante corajosos. A pandemia causada pela Covid-19 aflorou o nomadismo em diferentes perfis de brasileiros. A liberdade de reunir o essencial e cair na estrada foi o principal guia do casal da serra catarinense, Wellington Waltrick e Carina Amâncio, que decidiu, literalmente, recalcular a rota da vida em comum em busca de aventura.

 A decisão de trocar uma rotina comum em Santa Catarina para viver a experiência de conhecer o Brasil e o mundo sobre quatro rodas virou um plano concreto. Após um tempo de reflexão e de assistir a diversos vídeos sobre viagens a bordo de um motorhome, Wellington e Carina disseram adeus ao cotidiano pacato e se mudaram para sua nova casa de quatro rodas, abraçando um novo estilo de vida com uma residência móvel, sem endereço fixo e também sem previsão de volta. 

Com o nome “Rotas Recalculadas” o projeto ganhou vida em junho de 2021 e tem crescido a cada dia. Em apenas um mês na estrada, o casal já visitou belas paisagens em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, seguindo um roteiro que iniciou pelo litoral do Brasil. O plano é passar ainda pelo centro-oeste e seguir em direção ao nordeste. A grande meta da viagem é ir do Ushuaia ao Alaska, quando as fronteiras se abrirem, passando por Uruguai e Chile. 

Por conta da pandemia, o roteiro traçado pelo casal precisou passar por adaptações. A data de partida foi prorrogada para junho de 2021, enquanto acompanhavam o cenário do coronavírus no país. O trajeto também sofreu alterações e os planos de desbravar o Brasil e países vizinhos foram adiados até segunda ordem. Como resultado, a experiência ganhou mais calma e tranquilidade, em períodos maiores em alguns destinos brasileiros.

O casal também tem se destacado recentemente como criadores de conteúdo, e viram crescer sua popularidade no Kwai, app de criação e compartilhamento de vídeos curtos, onde conquistaram mais de 90 mil seguidores em apenas um mês, sendo hoje um dos perfis mais relevantes de viagem na plataforma.

“Os vídeos curtos são uma grande tendência que o público vem criando e vão se tornar cada vez mais relevantes entre os usuários brasileiros", prevê Wellington. A principal finalidade do Rotas Recalculadas é mostrar para seus seguidores um estilo de vida prático e aventureiro, assim como incentivar mais pessoas a viajarem e seguirem seus sonhos. Como eles estão fazendo.

A dupla teve que se adaptar a um modelo minimalista, sem alguns detalhes da vida cotidiana, que, na opinião deles, não é para todo mundo. Até na alimentação foram necessários alguns ajustes, como preparar a sua própria comida e reduzir as idas a restaurantes. Embora a lista de desafios seja longa, os aprendizados certamente compensam. “Queremos mostrar que é possível viver na simplicidade - seja para resolver problemas ou ter outras perspectivas”, ensina Carina.

Por enquanto, o casal continua em Santa Catarina, Depois de vacinados contra  a Covid-19 seguem seu projeto até a viagem seguir novamente o plano inicial. Essa será a única rota que não precisará ser recalculada. 

Números do sucesso do rotas recalculadas:

 Quantos quilômetros já rodaram desde que saíram de casa: 24 mil km

Quanto é o gasto médio mensal:  R$ 4 mil por mês

Quanto já gastaram de combustível: 1.500 litros de diesel

Quanto gastaram com a primeira construção + veículo: R$ 90 mil 

 Quanto gastaram com a segunda construção: R$ 210 mil

 Vídeos mais vistos no Kwai:

Vídeo sobre o maior perrengue que passaram no motorhome (37,5 mil visualizações) http://s.kw.ai/p/9A13DkPn

Vídeo sobre a história do casal no motorhome (28,8 mil visualizações):  http://s.kw.ai/p/4AdjyGXA

Sobre o Kwai

Um dos aplicativos gratuitos mais populares do Brasil, o Kwai permite que o público crie seu próprio conteúdo e compartilhe vídeos online de forma fácil, inclusiva e acessível, em um universo interativo que possibilita a conexão de pessoas. Com a missão de tornar a vida das pessoas mais felizes, o Kwai acredita que todos os pequenos momentos da vida merecem ser compartilhados. O app está disponível nos sistemas iOS e Android, na App Store e no Google Play. Saiba mais em: kwai.com.

fotos: divulgação