terça-feira, 27 de setembro de 2016

44ª ABAV Expo Internacional de Turismo & 46º Encontro Comercial Braztoa

Maratona de jovens criam aplicativos para o setor de viagens
Os profissionais do setor, reunidos na 44a ABAV Expo Internacional de Turismo, das 13h00 às 20 horas, de 28 a 30 de setembro, em São Paulo, premiarão a criação de três Aplicativos – Apps desenvolvidos em sistema e maratona por jovens que vão rodar acordados a madrugada da próxima quarta para quinta-feira, no Expo Center Norte. De acordo com regulamento, os apps deverão aprimorar a qualidade dos serviços prestados aos consumidores. A entrega dos prêmios será feita no dia 30/09, às 18 horas.
“Atendemos clientes cada vez mais informados e exigentes. Cabe aos agentes de viagens encontrarem meios para melhor compartilhar conhecimento que possuem sob medida; adequado para atender o perfil de cada viajante e estilo de viagem”, afirma Edmar Bull, presidente da ABAV.

Como o Turismo contribuiu e vai contribuir mais com o aquecimento da economia no Brasil
Por que o setor que lidera o ranking dos que mais geram empregos no planeta; que exerce impacto econômico direto anual superior a U$ 2 bilhões (cujo impacto, segundo o World Travel & Tourism Council (WTTC) supera 3% do PIB e que, somado aos efeitos indiretos, responde por quase 10% da economia mundial), ainda não conquistou condição de vetor estratégico priorizado para a retomada do desenvolvimento sustentável do Brasil? 
É fato de que para cada 9 integrantes da População Economicamente Ativa (PEA) no mundo, um atua em atividades impactadas direta ou indiretamente pelo Turismo. Também, de acordo com a OMT – Organização Mundial do Turismo, no Brasil esta proporção ainda é de 11 para 1. 
“Para cada quarto de hotel construído, criamos um emprego direto e seis indiretos. Investimentos privados foram e continuam a ser feitos na ampliação da oferta hoteleira. Vimos aprimorando a infraestrutura e a gestão aeroportuária, mas ainda faltam várias medidas que possibilitem ao Brasil ser competitivo na disputa pelo mercado turístico global. Estender a isenção de vistos concedida para estrangeiros, assim como conquistamos a propósito dos megaeventos esportivos, é uma delas”, antecipa Edmar Bull, presidente da ABAV.

Quais os principais legados que os megaeventos esportivos trazem ao Turismo no Brasil?
Com a realização da Copa do Mundo, Olimpíada e Paraolimpíada no Brasil, as redes sociais passam a registrar, com extraordinária capacidade viral, a aprovação da brasilidade na avaliação dos turistas estrangeiros entrevistados de maneira amostral pela Embratur todos os anos, desde os anos 80. O ministro do Turismo em exercício, o presidente da Embratur, os secretários estaduais de turismo e de vários municípios brasileiros são presenças confirmadas na 44ª ABAV Expo Internacional de Turismo, das 13 às 20 horas, de 28 a 30 de setembro, em São Paulo.
Como reverter a matéria-prima (imagem positiva da brasilidade) em produto turístico, para aumentar o ingresso anual de visitantes estrangeiros (de 6 e 7 milhões); menos do que ilhas caribenhas? 
É fato que a Embratur deve ser transformada em agência de fomento, nos moldes da Apex, sob a ótica da iniciativa privada e do poder público, na atual gestão do órgão vinculado ao Ministério do Turismo.
“Quem será o ministro do turismo no Brasil no governo Temer?”, indaga Edmar Bull, presidente da ABAV; para quem o mercado aguarda obter no evento uma definição das autoridades competentes.

Quais destinos nacionais e internacionais conquistarão a preferência dos turistas brasileiros?

Mais de 60 delegações internacionais e todos os 26 estados brasileiros, mais o Distrito Federal vão expor diferenciais turísticos competitivos na 44a ABAV Expo Internacional de Turismo,
A organização do evento definiu para este ano que todos deverão exibir vídeos. O desempenho de cada destino e dos atrativos promovidos definirá as tendências para as próximas temporadas, com impacto imediato sob as próximas férias de verão 2016/2017, até o Natal e o Réveillon de 2017/2018. 
A compra antecipada de passagens aéreas e diárias de hospedagem, que compreendem a maior parcela dos investimentos para quem viaja, garante sempre os maiores descontos. Quais destinos, nacionais e internacionais, tendem a ganhar destaque na preferência dos consumidores interessados em obter a melhor relação preço qualidade para as suas próximas viagens? Quais serão as apostas das operadoras turísticas que lançam no evento os seus pacotes de viagem? O consumidor sabe que a compra de um pacote custa, no mínimo, 30% menos do que a compra de cada um dos mesmos itens (transporte, hospedagem e serviços receptivos) individualmente para viagens a lazer? 
“As agências de viagens, reunidas na principal feira de negócios do setor, sinalizarão ao mercado os destinos nacionais e internacionais que tendem a conquistar a preferência dos turistas que compõem diferentes segmentos e nichos de mercado”, afirma Edmar Bull, presidente da ABAV, que projeta fechar o ano de 2016 com crescimento de 5% a 6% comparado com o ano passado e anunciará, durante o evento, o lançamento do Censo ABAV.

O evento apontará também tendências para o bilionário mercado das viagens corporativo 
A Associação Brasileira de Viagens Corporativas – Abracorp, dispõe em seu portal dos dados absolutos e percentuais trimestrais, semestrais e anuais. A movimentação bilionária inclui até informações sobre o desempenho de cada uma das empresas aéreas, redes hoteleiras, locadoras de automóveis, meios de pagamento, seguradoras de viagem, operadoras de cruzeiros marítimos, sistemas globais de distribuição e OBTs, entre outros provedores de serviços e recursos voltados às corporações de variados ramos no Brasil e no exterior, e portes que demandam a gestão de viagens de negócios, eventos e incentivo – o segundo ou primeiro item do budget das grandes corporações. 
Quais são as melhores dicas que agências de viagens corporativas ou Travel Management Companies– TMCs podem oferecer às pequenas e médias empresas no atual cenário de contenção de despesas e cautela nos investimentos para o desenvolvimento de novos negócios?

“Apostem no setor de viagens e turismo como estratégico para conquista do real desenvolvimento sustentável; como vetor econômico da prosperidade em cidades com vocação para ofertar serviços diferenciados com excelência de qualidade, como São Paulo e são centenas de cidades brasileiras”, recomenda Edmar Bull, presidente da ABAV, aos eleitores no atual pleito eleitoral.
fotos divulgação

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

GOL - SMILES OFERECE BÔNUS DE 60% NAS TRANSFERÊNCIAS DE PONTOS DOS CARTÕES DA CAIXA

A Smiles está com uma promoção que oferece bônus de 60% nas transferências a partir de 5 mil pontos dos cartões de crédito da Caixa Econômica Federal que forem realizadas até 29 de setembro. Para participar é necessário se cadastrar na página da promoção antes de realizar a transferência.
As milhas bônus serão creditadas até 13 de outubro e terão validade de 6 meses. As demais milhas terão validades de 3 a 5 anos, conforme a categoria do cliente na Smiles.
Mais informações na página da promoção.
Outros bancos
Clientes Itaú podem ganhar bônus de 50% nas transferências para a Smiles.
Já os clientes de outros bancos podem ganhar bônus de 40% nas transferências realizadas até 30 de setembro.
fonte: site de viagens Melhores Destinos

TUDOAZUL OFERECE BÔNUS DE 50% NAS TRANSFERÊNCIAS DE PONTOS DE CARTÕES DE CRÉDITO!

O TudoAzul está oferecendo bônus de 50% nas transferências de pontos de cartões de crédito de todos os parceiros financeiros que forem realizadas hoje e amanhã (26 e 27 setembro). Não precisa se cadastrar, apenas transferir!
Para efeito da promoção vale a data de solicitação da transferência e não o dia do crédito dos pontos.
O bônus e os demais pontos transferidos terão a validade de dois anos.
O TudoAzul ficou em primeiro lugar em nossa pesquisa exclusiva que comparou os custos de resgate de passagens com pontos e milhas nas 15 cidades com maior movimentação de voos em seus aeroportos. Veja a pesquisa completa aqui.

Regras
Promoção não cumulativa com outras promoções.
Os pontos qualificáveis para upgrade de categoria serão considerados na proporção padrão (15:1) somente sobre o montante de pontos transferidos, sendo assim, não serão considerados os pontos bonificados para a contagem de qualificação de categoria.
A bonificação será inserida juntamente com os pontos transferidos.
As regras gerais de cada parceiro continuam inalteradas.
Caso haja algum problema operacional no processamento do resgate ou na inserção dos pontos no programa TudoAzul o cliente terá até 10 dias corridos, após o término da promoção, para regularizar a solicitação dos pontos junto ao Parceiro Emissor dos pontos.
O programa TudoAzul resguarda-se ao direito de avaliar a elegibilidade e terá até 5 dias úteis para conceder o benefício/bônus.
Mais informações na página da promoção.
fonte: site de viagem Melhores Destinos


LATAM - MULTIPLUS OFERECE BÔNUS DE ATÉ 50% EM TRANSFERÊNCIAS DE PONTOS DE CARTÕES DE CRÉDITO!


A Multiplus está com algumas promoções para transferências de pontos de cartão de crédito. É possível ganhar bônus de até 50%!

Leonardo Cassol, editor do site de turismo Melhores Destinos, mais uma vez reuniu informações,  em matéria exclusiva,  que interessam a muita gente e que é preciso compartilhar, até porque tem data de validade que está esgotando.

Confira os bancos participantes e as regras de cada promoção:

Bradesco e American Express 

A Multiplus oferece bônus de 50% nas transferências de pontos realizadas entre 26 e 30 de setembro provenientes dos cartões Bradesco, Livelo (para pontos oriundos do Bradesco) ou American Express, através do Membership Rewards. É necessário de cadastrar na página da promoção antes de realizar a transferência. O bônus será creditado até 15 de outubro, com validade de dois anos.
HSBC 
A Multiplus oferece bônus de 50% nas transferências de pontos realizadas entre 26 e 28 de setembro provenientes dos cartões HSBC, através do Valeu. É necessário de cadastrar na página da promoção antes de realizar a transferência. O bônus será creditado até 28 de setembro, com validade de dois anos
Itaú
A Multiplus oferece bônus de 40% nas transferências de pontos realizadas entre 26 e 30 de setembro provenientes dos cartões Itaú, através do Sempre Presente. É necessário de cadastrar na página da promoção antes de realizar a transferência. O bônus será creditado até 15 de outubro, com validade de dois anos. 
Banco do Brasil
A Multiplus oferece bônus de 40% ou 45% nas transferências de pontos realizadas até 30 de setembro provenientes dos cartões Banco do Brasil, através do Ponto pra você ou da Livelo. E você ainda ajuda o GRAACC! É necessário de cadastrar na página da promoção antes de realizar a transferência. O bônus será creditado até 26 de outubro, com validade de dois anos.

fonte: site Melhores Destinos

27 setembro - Dia Mundial do Turismo: "Turismo para Todos”

O Dia Mundial do Turismo é celebrado, amanhã (27/09). A data começou a ser celebrada no ano de 1980, após decisão da Organização Mundial de Turismo.
A data visa mostrar a importância do turismo e  seu valor cultural, econômico, político e social, através de iniciativas realizadas em vários países do mundo. 
Tema 2016

O tema do Dia Mundial do Turismo 2016 é: "Turismo para Todos – promover a acessibilidade universal”. A Tailândia foi a nação escolhida para acolher oficialmente o Dia Mundial do Turismo (WTD) este ano. 

Ministério comemora Dia Mundial do Turismo
Alinhado ao tema, o ministro interino do Turismo, Alberto Alves, lançará, durante cerimônia, a ser realizada as 10 horas no auditório do Ministério, um vídeo sobre acessibilidade e inclusão no turismo. Entre os convidados para o evento estão a atleta paralímpica do Tiro com Arco, Jane Karla, a secretária especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Ministério da Justiça, Rosinha da Adefal, e o diretor executivo da Organização Mundial do Turismo, Márcio Favilla. O evento será transmitido pelo Periscope no twitter da Pasta (@mturismo).

Comemoração no Rio Grande do Sul 
O dia mundial do turismo, vai ser comemorado com a divulgação das fotos que participaram na promoção “as 10 maravilhas do turismo ecológico do Rio Grande do Sul”. As melhores imagens vão ser divulgadas no site da Setel www.setel.rs.gov.br e nas redes sociais.
Os 10 atrativos do Estado escolhidos para comemorar o Dia Mundial do Turismo 2016, foram: 
1 – ITAIMBEZINHO – O mais famoso cânion dos Aparados da Serra e o maior da América do Sul. Sua extensão atinge 5,8 mil metros e a largura varia entre 200 e 600 metros. Sua profundidade máxima é de 720m, em Cambará do Sul.
2 – CASCATA DO CARACOL – Localizada na cidade de Canela, com uma queda de água de 131 metros.
3 – CORDÃO LAGUNAR – Formado por cerca de 50 lagoas que se conectam entre o mar e a serra, localizadas no Litoral Norte.
4 – LAGOA DO PEIXE – Localizada entre a Laguna dos Patos e o Oceano Atlântico, numa planície costeira arenosa e é um grande refúgio de aves
5 – BANHADO DO TAIM – Em Rio Grande e Santa Vitória do Palmar. 
6 – GUARITAS DE CAÇAPAVA – Formadas pelo granito, arenito e ruínas em meio a vales e bacias no município de Caçapava do Sul. 
7 – SALTO DO YUCUMà– É considerado o maior salto longitudinal do mundo, com 1,8 mil metros de extensão e quedas de 12 a 15 metros nas águas do Rio Uruguai. 
8 – MATA – O município abrange um vasto sítio paleobotânico a céu aberto, sendo o maior reduto de fósseis vegetais do Brasil, apresentando resquícios de uma floresta petrificada de mais de 200 milhões de anos.
9 – PARQUE ESTADUAL DE ITAPUà– Área de Preservação Ambiental, com rica fauna e flora nativa, que abriga inúmeras praias, morros, dunas e ilhas junto ao Lago Guaíba e a Laguna dos Patos.
10 - PARQUE ESTADUAL DO DELTA DO JACUÍ - Unidade de Conservação situada no centro geográfico da Região Metropolitana de Porto Alegre e que abrange um ambiente de grande beleza cênica, formando um mosaico de ilhas, sacos, canais e campos inundáveis cercados por matas nas áreas de margem e rica variedade de fauna e flora.
fotos: divulgação

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Passagens Nacionais por DZ 4.000 o Trecho

A oferta vale para emissões realizadas até este domingo (25/9)
A Dotz está com nova promoção de resgate de passagens aéreas nacionais com pontos. Disponíveis diversos trechos a partir de DZ 4.000. Uma boa oportunidade para quem tem Dotz acumulados e quer viajar pelo Brasil. A oferta vale para emissões realizadas até 25 de setembro, para voar até fevereiro.
E o melhor, para adquirir a passagem é possível usar o valor total em Dotz ou pagar parte do valor com os Dotz e o restante com cartão de crédito.
Confira alguns exemplos de trechos em oferta e clique nos links para ver as opções promocionais disponíveis:
Fonte: com informações do site de viagens Melhores Destinos

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

EduCanada – Começou a feira oficial de intercambio do Canadá

 O encontro acontece em Porto Alegre no dia 25 de setembro no Barra Shopping Sul

O Governo do Canadá está rodando o Brasil com sua EduCanada, feira de intercambio que   oportuniza os candidatos a conversarem pessoalmente com dezenas de instituições de ensino do país, conhecerem as melhores opções de programas, destinos, custos, bolsas de estudos disponíveis, tipos e custos de acomodações, ofertas e descontos disponíveis.
A Feira apresenta programas de idiomas, ensino médio, graduação, pós-graduação, MBA, profissionalizantes e muito mais.
A programação do EduCanada oferece ainda seminários gratuitos sobre educação no país e informações sobre diferentes tipos de visto.
A EduCanada, começou no dia 15 de setembro em Campinas, 17 e 18 em São Paulo, 20 em Brasília, 22 no Rio de Janeiro, 24 em Curitiba e no dia 25 de setembro em Porto Alegre.  O encontro vai acontecer no Barra Shopping Sul das 15 às 20 horas. A feira de estudos prossegue em Belo Horizonte, no dia 27 encerrando em Recife no dia 29 de setembro. 
Vantagens de estudar e morar no Canadá
Diplomas valorizados em todo o mundo - O diploma, grau ou certificado canadense é reconhecido internacionalmente por ser equivalente aos obtidos nos Estados Unidos ou Reino Unido.
Educação Acessível de alta qualidade -A qualidade dos padrões de vida e de educação no Canadá estão entre as mais altas do mundo, mas o custo de vida e despesas de ensino para estudantes internacionais são em sua maioria mais baixos do que em outros países.
Campus de última geração -  Os campus de ensino superior do Canadá oferecem instalações desportivas de qualidade olímpica, casas de shows públicas e galerias de arte, inúmeras oportunidades de lazer e aprendizagem e chance de conhecer e interagir com estudantes do mundo todo.
Possibilidade de imigração – os estudantes estrangeiros com credenciais canadenses e experiência de trabalho local podem solicitar residência permanente sem ter que deixar o Canada.  As informações sobre a possibilidade de imigração para o Canadá, desde que  os  estudos estejam completos, constam no  site de Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá.
Alguns fatos sobre o Canadá
Segundo maior país do mundo (em área);
35.8 milhões de pessoas em 10 províncias e 3 territórios;
Democracia parlamentar estável;
Alta qualidade de vida, com grande segurança;
A pesquisa e desenvolvimento em universidades do Canadá é conduzida a uma das taxas mais altas entre países da OCDE e G8;
Programas acadêmicos são oferecidos em Inglês ou Francês, com algumas instituições oferecendo em ambas as línguas;
Sistema trimestral com ingresso em setembro, janeiro e maio.
Mais informações sobre estudos no Canadá em EduCanada.ca
fotos: divulgação

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

EMBRATUR e SINDEPAT criam plano de trabalhos para promover parques temáticos

"Estratégias conjuntas para desenvolver o setor começam a ser traçadas com base na expertise do Instituto no exterior"
Na tarde da última segunda-feira (29), o diretor de Gestão Interna do Instituto Brasileiro de Turismo Tufi Michreff Neto, recebeu o presidente do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (SINDEPAT), Alain Baldacci, e representantes dos grandes parques brasileiros para traçar plano de ação para a promoção internacional dos espaços temáticos, aquáticos e atrações turísticas de local permanente.
Tufi destacou a eficiência do trabalho em conjunto para a promoção dos parques e dos destinos brasileiros junto a mercados estrangeiros. “Com essa união de esforços entre associações e também junto ao governo federal, vamos reconstituir esse mercado e promover os parques temáticos nacionais, de forma a incluir o programa nos planos de turismo de lazer dos estrangeiros”, enfatizou. O diretor explicou ainda que a EMBRATUR oferece sua expertise para debater, junto aos dirigentes dos empreendimentos, estratégias de promoção e avaliar mercados prioritários, programas sustentáveis e de acessibilidade, competitividade, integração com destinos e comercialização.
Baldacci, que também preside o Wet’n Wild, ressaltou a conquista de reconhecimento do setor como segmento turístico e disse acreditar que é necessário investir na promoção comercial para equiparar os parques brasileiros a outros ao redor do mundo em questão de visitação.“De toda a história desde que integramos o Conselho de Turismo, este é o passo mais importante. Após uma conquista institucional, buscamos resultados efetivos com indicadores, metas e acompanhamento. Muitos parques no mundo são o primeiro motivo de viagem do turista por ser um espaço para todas as idades, famílias e grupos de viagem. Já temos a oferta e a estrutura para receber o mercado internacional e, com a Embratur, vamos promover o nosso produto e tornar os parques temáticos verdadeiras âncoras do turismo”, comentou.
Os participantes do encontro conheceram o novo canal de referência do conteúdo turístico brasileiro da Embratur, o portal Visit Brasil, plataforma com conceito de mobile first que traz informações dos destinos do País nos idiomas português, inglês e espanhol e representa uma ótima oportunidade para divulgação dos parques. Após a apresentação, formaram uma equipe de trabalho para apontar os países mais relevantes para os parques temáticos, estratégias internacionais de promoção de cada um e as sugestões para os diversos públicos-alvo, além do ideal apoio da Embratur nessa promoção efetiva.
De acordo com o assessor de Gestão Estratégica da Embratur, Alexandre Nakagawa, a equipe de promoção turística manterá fórum de discussão entre o Instituto e o Sindepat para acompanhar a evolução do processo e o retorno das ações conjuntas. Participaram da reunião o assessor da Presidência, Marcelo Costa; e o coordenador de Marketing Digital, Marcelo Ribeiro. Também estavam presentes representantes do Beto Carrero, Alex Bonaretti; do Beach Park, Clarisse Linhares e Michelle Magalhães; do Lagoas Termas, Elionai Silva; do Trem do Corcovado, Sávio Neves; do Unipraias, Alfredo Kuhn.
Informações e foto Embratur/ Fotos Parques Divulgação

sábado, 20 de agosto de 2016

Turistas aprovam a Olimpíada e querem voltar ao Brasil

Ministério do Turismo apresentou resultado da pesquisa de demanda avaliando a experiência dos visitantes durante os Jogos Rio 2016
Turistas domésticos e internacionais ouvidos pelo Ministério do Turismo durante os Jogos Olímpicos Rio 2016 elogiaram as opções de turismo e lazer, a diversão noturna e a hospitalidade do brasileiro. O estudo revela o perfil, gasto e tempo médio dos visitantes, além do índice de satisfação com itens como segurança, transporte público, infraestrutura e preços. De acordo com o levantamento, 87,7% dos turistas estrangeiros têm a intenção de voltar ao Brasil e 94,2% dos brasileiros querem voltar ao Rio de Janeiro. A pesquisa parcial foi divulgada na última quinta-feira (18) no Rio de Janeiro.
Para 98,7% dos turistas domésticos, a viagem ao Rio de Janeiro atendeu plenamente ou superou as expectativas. O índice de satisfação do público internacional é de 83,1%. A hospitalidade do carioca foi elogiada por 92% dos brasileiros e 98,6% dos estrangeiros. A diversão noturna também agradou. Para 93,6% dos viajantes nacionais e 96,2% dos internacionais o Rio de Janeiro é muito bom ou bom neste quesito.
A isenção de visto em caráter excepcional para a Olimpíada e Paralimpíada foi usada por 74,7% dos turistas internacionais dos países beneficiados (EUA, Canadá, Japão e Austrália) e 82,2% deles afirmaram que a medida facilitaria um retorno ao Brasil.
A pesquisa do público doméstico, desenvolvida pela GMR Inteligência & Pesquisa, ouviu 4.150 pessoas de 03 a 16 de agosto nas arenas esportivas e Bouvelard Olímpico. O levantamento com os turistas internacionais, feita pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (FIPE), ouviu 1.262 estrangeiros nos aeroportos entre os dias 6 e 16 de agosto.
Perfil do turista
A pesquisa revelou que o turista da olimpíada é um viajante qualificado, com renda média de US$ 3.581,00 no público internacional e acima de R$ 3,5 mil para 70% dos brasileiros. O brasileiro ficou em média 10,3 dias e teve um gasto diário de R$ 337,9. Já o estrangeiro permaneceu 11,7 dias e gastou US$ 103,7 por dia.  O país que mais enviou turistas para o Brasil foram Estados Unidos (21,2%), seguidos da Argentina (14,8%) e da Inglaterra (4,8%). A maioria do público interno veio do Sudeste (51,1%), seguido do Nordeste com 18,5% e da região Sul, com 15,7%.
Os brasileiros que viajaram para o Rio de Janeiro na Olimpíada têm idade média de 37 anos, 51,3% são solteiros e 62,7% são homens. O trabalho também mostrou que os Jogos Olímpicos Rio 2016 permitiram que o brasileiro vivenciasse pela primeira vez a maior competição esportiva do mundo. Dos entrevistados, 96,3% nunca tinham participado de uma Olimpíada. Do público estrangeiro, 83,5% têm mais de 25 anos, 64,4% são homens e 56,5% estão no Brasil pela primeira vez.
A internet foi a principal fonte de informação para a organização da viagem dos dois públicos pesquisados – doméstico (70%) e internacional (63,4%). Para o público doméstico a casa de parentes e amigos foi o principal (48,6%) meio de hospedagem, seguida dos imóveis alugados com 21,2%. No caso do público internacional, 37,2% ficaram em hotéis ou flats e 25% em imóveis alugados. A principal atividade desenvolvida por brasileiros (74,8%) e estrangeiros (77,3%) foi a ir à praia.
Infraestrutura 
Os aeroportos foram elogiados por 94,6% dos turistas estrangeiros e 91,6% dos brasileiros. A segurança também foi bem avaliada por 88,4% dos visitantes internacionais e 87,1% dos nacionais, índices próximos aos registrados pelo transporte público, com 86,6% de aprovação do público externo, e 82,1% do interno.
Os locais de competição foram avaliados como bom ou muito bom por 89,6% dos brasileiros e 87,1% dos estrangeiros. O acesso para as arenas esportivas também foi aprovado por 79% dos viajantes domésticos e 80,2% dos internacionais. 
O item que recebeu a avaliação mais critica foram os preços praticados nas áreas das provas olímpicas, com 50,8% de avaliação negativa por parte dos brasileiros e 42,4% por parte do público de fora.

RESULTADOS PARCIAIS
As informações apresentadas na ultima quinta-feira (18) foram extraídas da base de dados da pesquisa de demanda internacional e doméstica realizada pelo Ministério do Turismo para avaliar a experiência dos visitantes durante os Jogos Rio 2016. As entrevistas serão realizadas até os Jogos Paralímpicos. O resultado final será divulgado até o final deste ano.
O conteúdo completo pode ser acessado em:
http://www.turismo.gov.br/images/casabrasil/17_08_16_Apresentacao_Pesquisa_MTur_final.pptx 
Crédito foto: Diego Campos e divulgação

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Mapa mostra países que mais ganham e gastam com turismo no mundo

Site de informação de custos HowMuch divulgou mapa em que mostra o tamanho dos países de acordo com o gasto anual em turismo de visitantes estrangeiros dentro deles.
O Brasil, apesar de todo seu potencial turístico com natureza exuberante, diversidade étnica e povo acolhedor fica muito aquém do desejado.
Os dados do Banco Mundial de 2014 mostram o Brasil acumulando US$7,4 bilhões em gastos do turismo externo, pouco acima dos US$ 6,1 bilhões registrados em 2008.
Muito pouco considerando que países como como Indonésia faturaram (US$ 10,3 bilhões) e Catar (US$ 10,6 bilhões) e bem distante de países como México (US$ 16,6 bilhões) e Rússia (US$ 19,5 bi).
O top 5 dos que mais recebem dinheiro dos turistas estrangeiros é Estados Unidos (US$ 220,1 bilhões), França (US$ 66,8 bi), Espanha (US$ 65,1 bi), Reino Unido (US$ 62,8 bi) e China (US$ 56,9 bi).
O mapa que mostra o gasto total dos turistas que mais gastam quando viajam para fora reforça os resultados do mapa anterior.
Segundo o site “Não é surpresa que os países mais ricos desfrutam de gastos mais altos para dentro e para fora. Isso acontece simplesmente porque os cidadãos desses países tem mais dinheiro para gastar em viagens e também porque costumam investir mais em atrações turísticas".
Os dados mostram que os cinco países que mais gastam com turismo quando viajam são a China (US$ 164,9 bilhões), Estados Unidos (US$ 145,7 bilhões), Alemanha (US$ 106,6 bilhões), Reino Unido (US$ 79,9 bilhões) e França (US$ 59,4 bilhões).
O turista brasileiro aparece entre os 20 que mais gastam no exterior, uma exceção junto com a Arábia Saudita, integrado por um grupo dominando por países asiáticos e europeus e da América do Norte.
Vale ressaltar que o resultado, no caso dos turistas europeus, que aparecem com destaque nos dois mapas deve-se ao fato de que muitos integram o “Acordo de Schengen”, uma convenção entre países europeus com uma política de abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas entre os países.
A realidade no país
Resta esperar para ver como esses números vão evoluir diante da desvalorização forte do real e queda da renda dos brasileiros.
No primeiro trimestre de 2016, os gastos dos brasileiros no exterior somaram US$ 2,9 bilhões, contra US$ 5,2 bi no mesmo período de 2015
Fonte: com dados da Revista Exame/ 
            http://howmuch.net/