segunda-feira, 10 de junho de 2019

Festa das Luzes da Mata Atlântica ilumina o inverno no Vale do Café


A luz invade as arredondadas colinas do Vale com instalações luminosas coordenadas por Paulo César Medeiros, um dos mais premiados iluminadores brasileiros. Shows de Zeca Baleiro, Oswaldo Montenegro, Danilo Caymmi, Joyce e Tutty Moreno, entre outros, elevam a temperatura da estação em um cenário deslumbrante.
Entre 20 de junho e 14 de julho, o Jardim Ecológico Uaná Etê, um verdadeiro paraíso eco cult em Sacra Família, RJ, se transformará em um pólo de arte e luz. É nesse período que acontece a 2ª Festa das Luzes da Mata Atlântica, transformando a paisagem da região com obras únicas de luz. A programação, reunindo luz, conhecimento, música, e muito contato com a natureza acontece no Vale do Café, RJ, região localizada a 120 km do Rio de Janeiro, 140 km de Juiz de Fora e 380 km de São Paulo.
Visitante com maquiagem fosforescente durante a Festa das Luzes 
Lorena Zschaber 
Com eventos de quinta à domingo, a abertura do jardim acontece a partir das 12h e se estende até as estrelas raiarem.  No primeiro dia, o músico e doutor em Literatura, José Miguel Wisnik, propõe uma conversa sobre cultura. Quando o sol se põe acontecem shows com artistas estelares:  Danilo Caymmi, Eduardo Dussek, Joyce e Tutty Moreno, Oswaldo Montenegro e Zeca Baleiro,Cristina Braga e Ricardo Medeiros,  preenchendo o anfiteatro do Jardim com boa música, enaltecendo a cultura brasileira. Um baile de jazz com Mauro Senise e os anfitriões do jardim, Cristina Braga e Ricardo Medeiros, terá a participação do percussionista Frank Colón, mestre que tocou com Chet Baker e Aretha Franklin. Aos domingos, observação do sol para a família, guiada pelo astrônomo Eugênio Reis. No último sábado, o evento se despede com uma grande festa luminosa, comandada pelo DJ Ranieri, DJ Lucas Maria e convidados.
Corredor de luz na Festa das Luzes 
Lorena Zschaber 
Responsável pela direção artística da Festa das Luzes está o aclamado iluminador cênico Paulo Cesar Medeiros. “É um enorme prazer esta festa de iluminação com foco na natureza. Demais eventos de luzes que acontecem ao redor do mundo como em Tóquio, Lyon e Amsterdam, por exemplo, são realizados em ambientes urbanos. Aqui iremos iluminar as montanhas, as árvores, valorizando as nuances e aproximando o visitante de cada pedacinho da floresta”.
Cristina Braga, que assina ao lado de Ricardo Medeiros a direção musical do festival, conta que a inspiração para a Festa das Luzes nasceu de uma vontade de celebrar as estações, e que o solstício de inverno marca o início de um ciclo de luz: “A partir de 21 de junho os dias ficam cada vez mais claros até o solstício de verão. A Festa das Luzes da Mata Atlântica quer iluminar a natureza, o conhecimento, assim como tudo que há de belo e estimular o passeio por este Vale lindo que tem inúmeros atrativos. Além de ser a bacia de um rio vital, que mata a sede do Rio de Janeiro e São Paulo e reflete toda noite o cruzeiro do sul...”, ela conta.
Esculturas de luz no Jardim Uaná Etê 
Lorena Zschaber 

A Festa das Luzes da Mata Atlântica é o único período em que o Jardim Uaná Etê abre para visitação à noite, sendo o momento ideal para contemplar os famosos vagalumes, que dão nome ao local: “Uaná Etê” significa “multidão de vagalumes” na língua geral indígena.  A cada 15 minutos, as luzes se apagam, permitindo que os visitantes apreciem a luz natural da lua e ouçam o barulho da noite.
Chegar ao Jardim com dia claro é uma das dicas dos organizadores. Com 22 jardins e bosques para passeio, o Jardim Ecológico Uaná Etê, que completa 5 anos de abertura em novembro, é dedicado à música. Possui um Labirinto da Música, o primeiro do tipo no mundo; o Bosque dos Sinos, com sinos de diversos países e sons; a Árvore das Infinitas Possibilidades, para enlaçar desejos;  o Jardim dos Cristais sobre a importância dos cristais como instrumentos musicais ; as Teias, entre árvores, para deitar e pensar na vida; trilhas e vários recantos que propõem relaxamento e conexão com a natureza.
Piquenique ao por do sol durante a Festa das Luzes, no Uaná Etê. Divulgação

Durante toda a Festa das Luzes o bistrô de Uaná, com cardápio do chef Cesar da Costa, oferece uma especialíssima gastronomia de inverno e luz - produtos da região são estrelas, e cervejas artesanais do Vale, vinhos e queijos estão prontos também para levar na charmosa cesta de piquenique. 
Aos domingos, será servido um brunch.  “Muitos detalhes do jardim serão iluminados, as esculturas, os caminhos, colinas e trechos de bosques também, instigando a curiosidade e observação dos visitantes”, revela Ricardo.
instalação luminosa na Festa das Luzes 
Lorena Zschaber 



Horários de abertura do Jardim Uaná Etê durante a Festa das Luzes:
Quintas-feiras:  12h às 19h
Sextas-feiras e sábados: 12h às 23h
Domingos: 11h às 19h
Todos os domingos:  brunch a partir de 11h com gastronomia de inverno e luz
Ingressos:
Quinta, sábado e domingo: R$35 por pessoa 
Sexta (show): R$71 por pessoa
Informações e reservas:
Whatsapp: (24) 988781550 | Email: jardimuanaete@gmail
Compra de ingressos: www.sympla.com.br

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Encatho & Exprotel – Turismo e Hotelaria Reunidos em Florianópolis


A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH-SC, abriu oficialmente as inscrições gratuitas para a 32ª edição do Encontro Catarinense de Hoteleiros, que acontece de 13 a 15 de agosto, no CentroSul, em Florianópolis. O evento vai debater “Soluções & Inovações na Hotelaria”, evidenciando ferramentas tecnológicas e processos para inovar de forma eficiente e alinhada ao mercado através de processos de gestão.
O maior encontro da hotelaria no sul do país, o Encatho & Exprotel, continua mantendo seu objetivo de ser um espaço de negócios, networking e uma excelente forma de qualificação profissional totalmente gratuita. Entre as novidades desta edição estão as palestras com maior tempo de duração, permitindo que empresários, profissionais, autoridades e imprensa de todo Brasil possam discutir com mais qualidade de detalhes cada um dos temas.
Durante os três dias de evento estão programadas 16 palestras com assuntos que englobam as principais soluções e inovações em produtos, processos, gestão, comercialização, segurança e marketing. Serão duas palestras magnas que encerram as atividades dos dois últimos dias do evento e 12 eventos paralelos, entre eles: 10º Simpósio de Governança, Manutenção e Recepção Hoteleira; Seminário Científico, Momento Hoteleiro e reuniões de entidades da cadeia produtiva do turismo.
Confira a programação e acesse agora mesmo o link para as inscrições disponível no site www.encatho.com.br.

A EXPROTEL
A oportunidade de ter um contato direto com o proprietário ou o responsável pelo departamento de compras sempre foi o que atraiu as grandes empresas fornecedoras para a tradicional vitrine de negócios na região sul do país, a EXPROTEL. Ao longo dos anos, a exposição ganhou destaque por possibilitar a compra e negociações diretas, com condições especiais para a feira, além da ampla visibilidade gerada nas mídias segmentas com a participação, na última edição, de mais de 100 jornalistas do Brasil e exterior.
Com entrada gratuita, a feira  funciona nos dias 14 e 15 de agosto, das 13h às 20h. A organização comemora as vendas que já ultrapassaram os 60% dos espaços disponíveis. “Com novas possibilidades e formatos de participação, a Exprotel tornou-se encantadora para empresas de novos segmentos. Marcas que buscam contato direto com hoteleiros e profissionais da área também estão buscando informações e adquirindo espaços”, afirma Juliana Castro, responsável pela área comercial do evento.

Serviço:
O que: ENCATHO & EXPROTEL
Quando: 13 a 15 de agosto
Onde: CentroSul - Florianópolis
Quanto: Entrada Gratuita
Informações e Inscrições: www.encatho.com.br | 3222-8492
Realização: ABIH-SC

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Gramado - Para celebrar o amor e o romantismo


"No dia 12 de junho o amor vai estar no ar em Gramado" 

Cidade preferida para lua de mel e romântica por natureza, Gramado prepara um evento para celebrar o Dia dos Namorados. Segundo a Gramatur, o evento terá um preview este ano, mas se mostrará em sua plenitude em 2020. 
“Amor Gramado – Onde o Amor se encontra”, vai ser um evento multicultural para celebrar o amor em todas as suas formas, envolvendo a cidade de Gramado em sentimentos de afeto, explorando os diversos significados da palavra que dá título ao projeto.


O preview do “Amor Gramado” deste ano trará intervenções artísticas entre às 11 e 23 horas do dia 12 de junho, uma exposição fotográfica de Leonid Streliaev sobre o amor e diversas ações para celebrar a data. As ações vão acontecer na avenida Borges de Medeiros, Largo da Igreja São Pedro e Praça Major Nicoletti.
fotos divulgação

LGBT Conference abre a Temporada de Inverno em Gramado


"Evento ocorre de 06 a 09 de junho  com o tema Pluralidade, Respeito e os direitos LGBT" 
Gramado, na Serra Gaúcha, aposta no mercado de público LGBT. A cidade recebeu, em 2018, a primeira edição da Copa Internacional de Futsal LGBT. Foram dois diam de palestras, e uma disputa internacional de jogos entre equipes inclusivas do Brasil e do Uruguai.
O evento foi um sucesso e serviu como laboratório para um novo projeto internacional e que deverá ter uma grade de conteúdo de peso, apresentações artísticas nacionais e disputa esportiva com equipes do Brasil e de países da América do Sul. O evento que inicia na próxima quinta-feira (6) com mais de mil inscritos do Brasil e do exterior é a LGBT Conference 2019 e a 2ª edição da Copa Internacional de Futsal Gramado LGBT.

Evento abre a Temporada de Inverno.
Os dois primeiros dias  da LGBT Conference serão focados na oferta de conteúdo com palestras de personalidades, palestrantes e artistas com relevância nacional debatendo o tema LGBT.
Nos dias 08 e 09 o ginásio Perinão de Gramado será palco das disputas esportivas. A meta é receber 12 times para os jogos, quatro a mais do que a edição de 2018. Se no ano passado Brasil e Uruguai estiveram representados, este ano a ideia é receber também turistas e participantes da Argentina, Chile, Colômbia e Paraguai.
Exposição Trans VER

A exposição Trans[ver], do fotógrafo Fábio Rebelo, conta com 19 imagens. O projeto retrata pessoas que passaram pelo processo de externalização da sua identidade, exercendo sua liberdade através da modificação do corpo, das roupas e da postura, revelando outras formas de ser. Exposição nos dias 06 e 07 de junho. 
Palestra de abertura: Direitos Humanos e Diversidade
Palestrante: Vinicius Lara
Mestre e doutorando em Ciência Política, assessor em Direitos Humanos e Conselheiro Estadual LGBT/RS. Candidato a deputado que se destacou nas Eleições 2018 com uma campanha focada nos Direitos LGBT.
Local: Hotel Master Gramado

07 de Junho
09h30: Início da LGBT Conference 2019 no Hotel Master Gramado
Tema central: Pluralidade, Respeito e os direitos LGBT
10h -   IDENTIDADE DE GÊNERO UMA LUTA DIÁRIA
Painel: Visibilidade Trans                                 Palestrante: Gloria Crystal
Uma das artistas referência da comunidade LGBT no Brasil, é apresentadora da Copa Gramado de Futsal LGBT. Icônica. É também apresentadora da Parada de Luta de Porto Alegre. Glória é natural de Bagé e possui mais de 30 anos de carreira artística.
Painel: Identidade de gênero – uma luta diária     Palestrante: Athos Souza
Primeiro representante do Rio Grande do Sul a ser candidato homem transexual no concurso de Mister Brasil.
10h30 - Espaço para perguntas
11h - SPEECH – Ações e projetos do Governo do RS para a comunidade LGBT
Palestrante: Leo Beone - Coordenador Estadual de Diversidade Sexual na empresa Governo do Rio Grande do Sul
11h20 - Espaço para perguntas e respostas
11h30 - Case de sucesso LGBT Venezianos Pub Café
Palestrante: Alessandra Mendonça
Desde janeiro de 2000, o Venezianos de Porto Alegre domina a cena LGBT no Sul do país e é uma das casas mais longevas e requisitadas do Brasil.
12h- Intervalo para almoço
14h: “Não existe homofobia no Brasil”
Painel: Terrorismo de Gênero em redes digitais         Palestrante: Christian Gonzatti
Pesquisador de cultura pop, jornalismo, estudos queer e redes digitais, é doutorando em Ciências da Comunicação e formado em Publicidade e Propaganda pela UNISINOS.
14h30 – SPEECH – Projeto Orientando
Palestrante: João Victor Costa Figueiredo
O projeto tem por função precípua orientar grupos de jovens e adultos acerca de temas relacionados à orientação sexual: identidade de gênero, visão do gênero em nossa sociedade, violência de gênero e outros. O projeto também abraça temas colaterais como racismo, preconceito, políticas públicas, estrutura e organização estatal, história, e estudos em geral como estruturação da Gramática, Sociologia, Filosofia, Geografia, Direito e políticas de Consumo e Publicidade.
14h45 - Espaço para perguntas e respostas
14h55 - Coffe Breack
15h – Painel ESPECIAL: LGBT na família.
Painel: E agora pais?                                                  Palestrantes – Mães pela Diversidade
O grupo Mães pela Diversidade é um movimento sem partido político, sem nenhuma ligação com religiões e independente. Ele conta com mães voluntárias em quase todo o Brasil, são 25 estados com coordenadorias regionais e atendimentos. “Quando a família não aceita, é o início do fim”. A frase virou lema na vida dessas mães, que não medem esforços para ajudar os pais de LGBTs. Elas oferecem “colo” 24h por dia.
16h15 – SPEECH – Bíblia e homossexualidade
Palestrante: Jota Macedo
Pastor fundador da Igreja Acolhidos por Cristo de Garopaba, Santa Catarina. O projeto “Deixados para trás” nasceu através de um visão que Deus colocou no Apóstolo Jota Macedo, o presidente da igreja, há 20 anos. Após 18 anos de resistências, dúvidas, receios, o apóstolo decidiu então, iniciar um trabalho diferenciado. Assim, em setembro de 2016, juntamente com sua esposa e seus filhos, foi inaugurada a Igreja Apostólica Acolhidos por Cristo, com sede inicialmente em Garopaba/SC. A igreja Acolhidos por Cristo é uma igreja que leva o evangelho de Jesus Cristo para as minorias rejeitadas pelas igrejas tradicionais. Uma igreja que tem foco no trabalho com a comunidade LGBTQ+.
Espaço para perguntas e respostas
16h30 - Diversidade sexual e seus avanços
Painel: Avanços no Direito e em casos práticos                  Palestrante – Vagner Oliveira
Advogado, Especialista em direito homoafetivo e Pós Graduado em Processo Civil. Membro da comissão da diversidade sexual da OAB do RS. Foi Mister Rio Grande do Sul em 2012. Realiza palestras, é Colunista da Revista Eléve e sócio proprietário da MAAF Júris
Painel: Direito Homoafetivo – Consolidando Conquistas Palestrante – Dra. Maria Berenice Dias
Uma das autoridades brasileiras quando o assunto é Direitos LGBT, Maria Berenice é advogada especializada em Direito das Famílias, Sucessões e Direito Homoafetivo.
Ela palestra sobre o tema no Brasil e no exterior e é Desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Vice-Presidente Nacional do Instituto Brasileiro de Direito de Família – IBDFAM, Presidente da Comissão Especial da Diversidade Sexual e Gênero do Conselho Federal da OAB, Pós-graduada e Mestre em Processo Civil – PUC/RS. Participou da elaboração do Estatuto das Famílias, Estatuto da adoção e do Estatuto da Diversidade Sexual e de Gênero, todos em tramitação no Senado Federal.
Mediador: Douglas Davila – Ativista dos Direitos Humanos e executivo do Espaço LGBT do FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo

08 de Junho
Início da Copa Internacional de Futsal LGBT
10 horas  – Apresentação Gloria Crystal
10h30 – Jogo de Abertura
Jogos da competição na categoria masculino e feminino
19 horas: final na categoria feminino
Local: Ginásio Perinão
22h - Confraternização oficial
Local: a definir

09 de Junho
10h- Semifinais
Apresentação Gloria Crystal
Finais
Local: Ginásio Perinão
Equipes confirmadas
Quero Quero Sport Club- Gramado/RS
Donna/Quero Quero - Gramado/RS
Magia - masculino e feminino - (Porto Alegre)
Pampacats - Porto Alegre
Ximangos - Porto Alegre
Maragatos - Porto Alegre
Sereyos  - Florianópolis
Sereyas - Florianópolis
Taboa - Curitiba
Real Centro - São Paulo
Unicorns - São Paulo
Bharbixas (masculino e feminino) - Minas Gerais
Uruguay Celeste - Montevideo
GAPEF - Buenos Aires

SERVIÇO
LGBT Conference 2019
2ª Copa Internacional de Futsal LGBT
De 06 a 09 de junho de 2019
Gramado/RS       gramadolgbt.wordpress.com
fotos: divulgação

domingo, 2 de junho de 2019

Dia dos Namorados: conheça 5 roteiros românticos para fazer de carro

Diferente de outros lugares do mundo, no Brasil, o Dia dos Namorados é comemorado no dia 12 de junho e viajar é uma ótima alternativa para curtir a data. Mas na hora de planejar a viagem é importante pesquisar todas as opções de transporte. O aéreo muitas vezes é o preferido, mas nem sempre é o mais econômico.
Com a recente redução da oferta de voos no país decorrente da crise da Avianca Brasil, os preços das passagens aéreas já registram altas de até 140%. A tendência é que as tarifas continuem pressionadas pelo menos nos próximos quatro meses, segundo um levantamento da Voopter.
Com a alta dos preços no transporte aéreo, uma alternativa para economizar com os custos de uma viagem é a locação de veículos. A diária de um carro varia entre R$ 50,00 e R$ 70,00 nas principais capitais do Brasil como São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis e Porto Alegre. Pensando nisso, a Rentcars.com, uma das líderes globais em aluguel de carros online, lista 5 destinos nacionais para que os casais possam pegar a estrada e curtir uma viagem inesquecível.

Governador Celso Ramos, Santa Catarina
Governador Celso Ramos é quase um paraíso escondido em Santa Catarina, localizado entre Balneário Camboriú e Florianópolis. A região conta com diversas opções de passeios: desde trilhas em meio a natureza até as belas praias de Ganchos de Fora, das Conchas, Palmas e a Costeira da Armação. Para chegar em Governador Celso Ramos, basta seguir a BR-101 e depois a SC-410. Saindo de Florianópolis, são 50 km em direção ao norte do estado de Santa Catarina.
Quanto custa: Partindo de Florianópolis é possível alugar um carro por um custo médio de R$ 64,00 a diária, com km livre, proteção para o veículo e taxas.

Gramado e Canela, Rio Grande do Sul
Gramado e Canela, na Serra do Rio Grande do Sul, é um combo perfeito para os casais. Em junho, a temperatura média da região é baixa com mínimas em torno dos 8°. Esse friozinho é ideal para comer fondue e beber vinho. O centro de Gramado é um bom local para um passeio a dois, assim como o Lago Negro. Em Canela, vale a visita à Paróquia Nossa Senhora de Lourdes e ao Castelinho Caracol - uma das primeiras da cidade onde é servido um dos melhores apfelstrudel (sobremesa típica da Áustria) do Brasil. Gramado e Canela estão localizadas a cerca de 104 quilômetros de Porto Alegre, e podem ser acessadas pela BR-116, passando ainda pela ERS-239 e pela ERS-115.
Quanto custa: Partindo de Porto Alegre é possível locar carros a partir de R$ 68,00 a diária, com km livre, proteção para o veículo e taxas.

Petrópolis, Rio de Janeiro
A Região Serrana do Rio de Janeiro tem muito a oferecer aos casais e um dos destinos favoritos, com certeza, é Petrópolis. A cidade imperial, como é conhecida, é uma ótima opção para casais que gostam de cultura e passeio ao ar livre. Ao mesmo tempo em que os casarões encantam, a região conta com muitas trilhas e cachoeiras. O Museu Imperial com seu grande acervo em objetos da monarquia brasileira não pode ficar de fora do roteiro, assim como o Palácio de Cristal e o Palácio Quitandinha, um dos principais cartões-postais da cidade. A cidade está ao lado do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, que conta com trilhas para todos os níveis de experiência, além de espaço para piqueniques e cachoeiras.
Quando custa: Saindo do Rio de Janeiro, são 67 km de viagem e é possível alugar um carro a partir de R$ 47,00 a diária, com km livre, proteção para o veículo e taxas.  

Monte Verde, Minas Gerais
Localizado no alto da Serra da Mantiqueira, em Minas Gerais, Monte Verde é um distrito de Camanducaia, que encanta os viajantes por sua beleza natural, pousadas charmosas, restaurantes incríveis, ecoturismo e muito chocolate. O centro da cidade conta com belas construções em estilo europeu. Também vale uma visita às galerias da cidade que vendem artesanato, geleias, chocolates, entre outras coisas. Monte Verde fica praticamente na mesma distância de Campos de Jordão, para quem viaja de São Paulo – são menos de 3 horas de viagem.
Quando custa: Saindo da capital paulista, são 164 km de viagem e é possível alugar um carro a partir de R$ 65,00 a diária, com km livre, proteção para o veículo e taxas. 

Campos do Jordão, São Paulo
Campos do Jordão, no interior de São Paulo, é um dos destinos mais famosos de inverno do Brasil. Em junho, as temperaturas ficam em torno dos 12° e a alta altitude da cidade só colabora para que sensação térmica seja ainda menor. O centrinho, em Capivari, concentra a maioria dos restaurantes e bares da cidade. Por lá, também se encontra o Centro de Memória Ferroviária e o teleférico que leva até o Morro do Elefante. Locais como o Palácio Boa Vista, Museu Felícia Leirner que tem vista para o Pico do Baú e o Jardim Amantikir não podem ficar de fora do roteiro.
Quando custa: Campos do Jordão está a 178 km de viagem partindo de São Paulo e é possível alugar um carro a partir de R$ 65,00 a diária, com km livre, proteção para o veículo e taxas. 

Fonte: I4U Agency 
Fotos: Divulgação

sábado, 1 de junho de 2019

Passeios especiais: experiência única a bordo da Maria Fumaça na Serra Gaúcha


"Passeios com temáticas especiais são ofertados em menor frequência que o tradicional - e tem atraído cada vez mais interessados"
O passeio de Maria Fumaça - Trem do Vinho, entre as cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa, é um passeio tradicional para os visitantes da Região Uva e Vinho, na Serra Gaúcha. A operação da linha é feita pela Giordani Turismo e Eventos há mais de 25 anos, e para inovar, a empresa tem investido na realização de passeios especiais, em datas festivas, a bordo do trem.
L´Essenza Del Vino, com edições mensais, Filó no Trem e Noite Gaúcha, com edições únicas anuais, e Natal Sobre Trilhos, com temporada em novembro e dezembro, são os passeios presentes no portfólio atual. O bilhete para do trem também garante ao visitante o acesso ao Parque Cultural Epopeia Italiana, que conta a história da imigração italiana na região.

L´Essenza Del Vino 2019
A cada viagem do vagão 219, do L´Essenza Del Vino, os passageiros vivem uma experiência única, com degustação de vinhos e espumantes orientadas por sommelier ou enólogo convidado. Um novo tema é escolhido a cada mês para a harmonização - com produtos da região - e, durante a viagem detalhes sobre o universo dos vinhos e processos de elaboração são compartilhados com o público. Para completar a experiência, o vagão 219 da Maria Fumaça conta com a presença de um músico exclusivo responsável por animar o público entre as degustações.
- 01/06 - Queijos e Vinhos
- 06/07 - Vinhos Tintos
- 10/08 - Dia dos Pais: Grandes patriarcas da Serra Gaúcha
- 07/09 - Vinhos da Campanha
- 19/10 - Cervejas Artesanais

Filó no Trem
Um resgate cultural e histórico marca o Filó no Trem. O passeio acontece dia 22 de junho, às 18h40 e às 21h, e leva o visitante à uma viagem no tempo, com a possibilidade de conhecer, vivenciar e participar de um legítimo filó. Principais responsáveis pela colonização da Serra Gaúcha os imigrantes italianos deixam um vasto legado cultural, gastronômico e de lazer para seus descendentes, e o Filó do Trem quer valorizar e espalhar estas tradições.

Noite Gaúcha na Maria Fumaça
O gaúcho se orgulha de cultivar e propagar suas tradições, e em setembro, mês da Revolução Farroupilha, o Trem do Vinho oferece a ‘Noite Gaúcha na Maria Fumaça’, tradição iniciada em 2013Música típica, apresentações culturais e a tradicional culinária gaúcha, são os diferenciais do passeio que acontece dia 21 de setembro em dois horários: 18h40 e 21h.

Natal Sobre Trilhos
E o clássico passeio de Maria Fumaça ganha uma roupagem especial no período natalino, com o espetáculo Natal Sobre Trilhos, com passeios aos sábados, entre 23 de novembro e 21 de dezembro. Dentro do trem os passageiros participam de uma viagem noturna encantadora, com decoração temática, personagens lúdicos e performances artísticas, que envolvem o visitante em intervenções que ajudam a manter viva uma das histórias mais celebradas no mundo e com a emoção que só essa época do ano proporciona.

fotos: Divulgação Giordani Turismo

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Por que o Vaticano, coração da Igreja, sediou a maior conferência sobre ateísmo no mundo


"O Papa Francisco, já deu mostras de que procura abordar os ateus de forma respeitosa e sem um discurso de oposição"
Encerrou ontem (30), no Vaticano, centro espiritual e político da Igreja Católica, um evento inusitado, se considerarmos seus princípios. Trata-se da “Understanding Unbelief” (Entendendo Incredulidade), apresentada como a maior conferência mundial sobre ateísmo.

© Edison Veiga O Vaticano receberá nesta semana o mais evento sobre ateísmo do mundo

O programa, financiado pela Fundação John Templeton, foi organizado por quatro instituições acadêmicas, todas do Reino Unido. Na coordenação, a Universidade de Kent com a colaboração das universidades Conventry, Queen's e de Saint Mary.
"Este evento não se realizaria no Vaticano se não fosse por uma efeméride: trata-se do 50º aniversário de uma conferência semelhante realizada no Vaticano", afirmou à BBC News Brasil o antropólogo Jonathan Lanman, diretor do Instituto de Cognição e Cultura e professor da Universidade Queen's Belfast, um dos organizadores do evento.
Ele contou que um dos pesquisadores entrou em contato com o Vaticano e então "eles concordaram em revisitar os temas da 'incredulidade'".
A conferência de 1969, a primeira do gênero sobre o tema, ocorreu como consequência da abertura provocada pelo Concílio Vaticano II, ocorrido de 1962 a 1965. O Papa Paulo VI (1897-1978) era um entusiasta do diálogo com outros cristãos, judeus e adeptos de outras religiões. E também criou um secretariado próprio para ouvir a quem chamava de "descrentes" - segundo suas palavras, o ateísmo era "um dos assuntos mais sérios de nosso tempo".
O Papa Francisco, que comanda a Igreja Católica desde 2013, já deu mostras de que procura abordar os ateus de forma respeitosa e sem um discurso de oposição.
No início deste ano, por exemplo, ele disse que é melhor viver como ateu do que ir à missa e nutrir ódio pelos outros.

O papa Francisco, que comanda a Igreja Católica desde 2013, já deu mostras de que encara o ateísmo com naturalidade

"Quantas vezes vemos o escândalo das pessoas que passam o dia na igreja e depois vivem a odiar ou a falar mal dos outros", afirmou ele.
"Vive como um ateu. Mas se vais à igreja, então vive como filho, como irmão, dá um verdadeiro exemplo."
O evento que começou na terça-feira contou com  painéis que debateram o que leva pessoas a crerem e o que leva pessoas a não crerem em Deus. Participam maioritariamente pesquisadores acadêmicos interessados no tema, como sociólogos, antropólogos, teólogos e filósofos - mas religiosos também são bem-vindos.
Em outubro de 2018, ele havia condenado publicamente o fato de muitos católicos lavarem dinheiro sujo, explorarem seus funcionários e cometerem delitos. "Há muitos católicos que são assim e eles causam escândalos", disse o pontífice. "Quantas vezes todos ouvimos pessoas dizerem "se esta pessoa é católica, é melhor ser ateu"?".
O evento desta semana teve a chancela do Pontifício Conselho para a Cultura, dicastério criado em 1982 pelo Papa João Paulo II (1920-2005).

Pesquisa
Há 50 anos, a primeira conferência foi, segundo o sociólogo Rocco Caporale (1927-2008), que escreveu um livro sobre ela ('The Culture of Unbelief: Studies and Proceedings From the First International Symposium on Belief Held at Rome'), uma primeira oportunidade para que a Igreja pudesse debater várias questões da "cultura da não-crença" e sobre como estudá-la.
Caporale relata que uma das principais percepções dos participantes do simpósio de 1969 foi a de que "o crer e o não crer são uma completa terra incógnita".
Mas dessa vez, os pesquisadores contaram com os dados de um estudo realizado pelas universidades britânicas de Kent, Conventry, Queen's e Saint Mary.
Trata-se de uma pesquisa conduzida em seis países sobre o que é ser ateu hoje. No total, foram entrevistadas 6,6 mil pessoas - seguindo criteriosa amostragem científica - do Brasil, Estados Unidos, Reino Unido, China, Japão e Dinamarca.

© Christina Stephens Um dos participantes da pesquisa, morador dos EUA, entrevistado por Jonathan Lanman. Ele é ateu e foi fotografado em uma igreja abandonada em St. Louis, Missouri.

O relatório, publicado nesta terça (28), trouxe oito pontos-chave para entender o fenômeno da não-crença no mundo:
1. Ateus - aqueles que não acreditam em Deus - e agnósticos - os que não sabem se existe Deus ou não, mas não acreditam que haja uma maneira descobrir - não são homogêneos. Eles aparecem em grupos diferentes nos países pesquisados. "Por conseguinte, há muitas maneiras de ser incrédulo", pontua o documento.
2. Em todos os seis países, a maioria dos que não acreditam em Deus se identifica como "sem religião".
3. Na hora de se auto rotularem, os incrédulos que preferem ser chamados de "ateu" ou "agnóstico" não são a maioria. Muitos classificam-se como "humanistas", "pensadores livres", "céticos" ou "seculares".
4. Os ateus do Brasil e da China são os menos convencidos de que sua crença sobre a não-existência de Deus está correta.
5. Não crer em Deus não significa necessariamente não acreditar em outros fenômenos sobrenaturais, ainda que os ateus sejam mais céticos em relação a estes do que as populações gerais.
6. Entre os ateus, o percentual de pessoas que acham que o universo é "em última instância, sem sentido" é maior do que no restante da população. Mas, ainda assim, em número muito inferior ao de metade dos pertencentes ao grupo.
7. Quando confrontados com questões relacionadas a, segundo o relatório, "valores morais objetivos, dignidade humana e direitos correlatos, além do valor profundo da natureza", as posições dos ateus são semelhantes ao do restante da população.
8. Por fim, quando perguntados sobre quais são os valores mais importantes da vida, houve uma "concordância extraordinariamente alta entre incrédulos e populações gerais", apontou o levantamento. "Família" e "liberdade" foram muito bem citados por todos, além de "compaixão", "verdade", "natureza" e "ciência".

© Edison Veiga Um jardim no Vaticano, onde aconteceu o maior evento sobre ateísmo

Pontos curiosos
Da mesma maneira que nem todos os que se descrevem como "sem religião" são ateus - muitos cultivam uma espiritualidade própria - a pesquisa mostrou que nem todos os ateus são "sem religião". No caso do Brasil, por exemplo, 73% dos incrédulos se identificam como "sem religião", enquanto 18% se dizem cristãos. Na Dinamarca, 63% dos ateus se dizem "sem religião" - 28% são cristãos.
A explicação para isso pode ser por conta da tradição familiar. Com exceção dos chineses e dos japoneses, a maioria dos ateus entrevistados disseram que romperam uma religião de família - é o caso de 85% dos incrédulos brasileiros e 74% dos norte-americanos, por exemplo. Em todos os países ouvidos, a grande maioria dos ateus veio de famílias cristãs (79% dos brasileiros, 63% dos norte-americanos, 60% dos dinamarqueses).
A questão dos rótulos também traz variações - muitas vezes motivadas por receio de preconceitos. Entre os que "não sabem se Deus existe" - tecnicamente agnósticos, portanto -, 8% dos brasileiros se autodefinem como ateus e a maioria, 27%, prefere ser chamada de agnóstica; seguida de não-religiosa (16%), espiritual mas não-religiosa (13%), racionalista (9%) e cética (8%).
Para os chineses desse grupo, 20% se dizem ateus e 18% racionalistas. Japoneses, britânicos e dinamarqueses preferem ser classificados como "não-religiosos" (34% e 27% e 17%, respectivamente) e norte-americanos se definem como "agnósticos" (26%).
Já no grupo dos que afirmam que "Deus não existe" - tecnicamente ateus - 30% dos brasileiros se autodenominam ateus, 14% sem religião. Situação semelhante aparece na pesquisa realizada com norte-americanos - 39% assumem-se ateus. E entre os chineses, há um equilíbrio entre os que preferem ser chamados de racionalistas, ateus e livres-pensadores (respectivamente com 22%, 21% e 19%). Dinamarqueses, britânicos e japoneses preferem ser classificados como sem religião (36%, 35% e 31%).
A crença na ciência como o melhor modelo para atingir o conhecimento apareceu como homogênea entre crentes e incrédulos em todos os países aferidos, exceto Brasil e Estados Unidos. No caso brasileiro, os métodos científicos são considerados o melhor caminho para 71% dos não-crentes - contra 43% da população em geral. Entre os norte-americanos, o número é de 70% entre os incrédulos e despenca para apenas 33% da população em geral.
"Essas descobertas mostram de uma vez por todas que a imagem pública do ateu é, na melhor das hipóteses, uma simplificação. E, na pior das hipóteses, uma caricatura bruta", ressalta Lois Lee, pesquisadora de estudos religiosos da Universidade de Kent e autora dos livros Recognizing the Non-religious: Reimagining the Secular (Reconhecendo o Não-religioso: Reimaginando o Secular, em tradução livre) e The Oxford Dictionary of Atheism (O Dicionário Oxford de Ateísmo).
"Em vez de confiar em suposições sobre o que significa ser ateu, podemos agora trabalhar com uma compreensão real das diferentes visões de mundo que a população ateísta inclui. As implicações para a política pública e social são substanciais."
"Nossos dados vão de encontro a estereótipos comuns sobre os incrédulos", afirma Lanman. "Uma visão comum é que os incrédulos não teriam um senso de moralidade e propósito objetivos, nutrindo um conjunto de valores muito diferente do restante da população. Nossa pesquisa mostra que nada disso é verdade. Em um tempo em que as sociedades parecem estar cada vez mais polarizadas, tem sido interessante e encorajador ver que uma das supostas grandes divisões na vida humana - crentes vs. não-crentes - pode não ser tão grande assim."
Fonte: BBC News

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Fenadoce 2019 apresenta as novidades da 27ª edição

A contagem regressiva para a 27º edição da Fenadoce já começou, e em 2019 ela promete encantar os visitantes com o tema "Patrimônio Nosso”.
A edição deste ano conta com uma experiência única através do aplicativo Turismo Virtual em Pelotas, que já está disponível e conta com uma área exclusiva para a Fenadoce 2019. Durante o período que antecede a Fenadoce é possível acompanhar até mesmo uma contagem regressiva para o dia 05 de junho, além das principais informações sobre o evento.
 Corte da Fenadoce 2019: rainha Kaiana Spiering e as princesas Kathlen Prestes e Carolina
A Fenadoce 2019 contará com 373 estandes, 250 expositores, 42 estandes de doces, 62 expositores da Agricultura Familiar, e gastronomia interna com 14 lanchonetes e 4 restaurantes. As atrações tradicionais também estão confirmadas: a Cidade do Doce com suas delícias, a Praça de Alimentação e sua diversidade gastronômica, o Parque de Diversões, e os inúmeros produtos e serviços dos expositores.

Projeto Cultural em destaque
Dezesseis artistas que compõe o elenco de artes cênicas da Fenadoce 2019 irão circular pelos corredores da feira cantando e dançando Pelotas e  sua história . Os artistas são uma representação de barões, baronesas, mulheres negras, homens negros, entre outros personagens,  fazendo uma releitura da Pelotas do século XVIII, desde a construção das charqueadas.
Quem vai contar essa história serão personagens inspirados em Barões e Baronesas Pelotenses abolicionistas: o Barão e a Baronesa de Caqui, o Barão e a Baronesa da Aliança e o Barão e a Baronesa de São Gonçalo, personagens que são releituras dos verdadeiros barões de Pelotas. Junto deles Sebastião, Benedita, Casimiro, Núbia, Bento, Flora e Esperança compõem o núcleo de personagens que registram a importância dos negros para a cidade de Pelotas e que vão levar ao público marchinhas de carnaval que falam sobre, a Pelotas do sal, do açúcar, da dança, da libertação, do carnaval e do tambor de sopapo.
O Centro de Eventos da Fenadoce vai receber painéis com 6 metros de altura, do designer e artista Leandro Selister. O trabalho de Leandro estará em destaque no Espaço Arte do Doce, onde o público verá cinco representações do patrimônio pelotense: o Mercado Público, a Biblioteca, o Xafariz das Nereidas, o Teatro 7 de abril e a cozinha do Museu do Doce. Além disso, 21 fotografias de detalhes do patrimônio poderão ser acessadas por meio de QR Codes, e compartilhadas gratuitamente pelas redes sociais.
Os visitantes da Fenadoce 2019  ainda poderão apreciar o trabalho de Selister em conjunto com as bordadeiras do Grupo Doces Linhas, do Museu do Doce, coordenado pela professora da UFPel, Antonieta Dall'igna. O grupo composto por 12 bordadeiras da terceira idade, bordaram em tecido alguns desenhos de detalhes do patrimônio de Pelotas, feitos pelo artista.

Realidade aumentada no app Turismo Virtual


A tecnologia será uma grande aliada do artista Leandro Selister, responsável pelas artes e fotografias que poderão ser conferidas na feira.  O painel com 21 fotografias apresentando detalhes do patrimônio arquitetônico de Pelotas poderão ser acessadas pelo smartphone através do aplicativo Turismo Virtual. Será possível inclusive baixar e compartilhar as imagens em suas próprias redes sociais. Os visitantes poderão estar na feira e sentir-se ao mesmo tempo dentro das ilustrações representadas por Leandro através da realidade aumentada no aplicativo. 

SERVIÇO FEIRA
O que: Feira Nacional do Doce - Fenadoce 2019
Data: 5 a 23 de junho de 2019
Local: Centro de Eventos Fenadoce (Av. Presidente Goulart com a BR-116) – Pelotas (RS)
Horário: seg a quin, das 14h às 22h; sex, das 14h às 23h; sábados, domingos e feriado, das 10h às 23h.


Credito fotos: Rafael Takaki

terça-feira, 21 de maio de 2019

Paraguai passa a exigir vacina da febre amarela


"Passageiro será impedido de embarcar se não tiver o comprovante"
Viajantes que partem do Brasil com destino ao Paraguai têm de levar o Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela. Caso não apresente o documento no aeroporto de origem comprovando que tomou a dose da vacina com pelo menos dez dias de antecedência, o passageiro será impedido de embarcar.
A vacina contra a febre amarela está disponível pela rede pública de saúde. Para obter o certificado internacional de vacinação e profilaxia (CIVP) é preciso tomar a dose integral da vacina. Feito isso, é necessário criar um cadastro no site da Anvisa e agendar o atendimento em um dos centros de orientação ao viajante (COV).
Veja todas as informações clicando aqui.

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Inscrições para BNT Mercosul encerram hoje segunda-feira!


Inscrições podem ser realizadas até às 23h59 de hoje (20/05/2019). Não perca tempo, o tempo está se esgotando,  garanta sua participação!

   TRADE  
Inscrições têm custo de R$ 200,00 para os dois dias do evento. 
INSCRIÇÕES PARA TRADE
   OPERADORAS  
Inscrições são gratuitas. É necessário apresentar 150 cartões de visita. Com aprovação é possível verificar disponibilidade para participar do Business Center. 
INSCRIÇÕES PARA OPERADORAS
   AGENTES DE VIAGEM SEM FAMTUR  
Agentes de viagem podem se inscrever individualmente. A inscrição é sujeita à validação e é necessário apresentar 150 cartões de visita.
INSCRIÇÕES PARA AGENTES DE VIAGENS
   IMPRENSA  
Imprensa pode se inscrever gratuitamente. A inscrição é sujeita à validação e confirmação via e-mail.
INSCRIÇÕES PARA IMPRENSA
*Nos dias do evento, as inscrições podem ser realizadas diretamente na Secretaria Executiva.